Vous êtes sur la page 1sur 27
INTERNETWORKING
INTERNETWORKING

INTERNETWORKING

INTERNETWORKING
Conceitos de Redes de Computadores
Conceitos de Redes de Computadores

• Já assistiu o vídeo Guerreiros da Internet?

• Já assistiu o vídeo Guerreiros da Internet? • Uma definição simples de Rede de Computadores

• Uma definição simples de Rede de Computadores pode ser dita como um conjunto de computadores capazes de trocar informação e compartilhar recursos entre si através de um protocolo de rede.

• Modelos de referência (protocolos)

– OSI

– TCP/IP (IP V4, IP V6)

Classificação das Redes
Classificação das Redes

• LAN – Local Area Network

Classificação das Redes • LAN – Local Area Network • MAN – Metropolitan Area Network •

• MAN – Metropolitan Area Network

• WAN – Wide Area Network

• PAN – Personal Area Network

• Mais exemplos?

LAN – Redes Locais
LAN – Redes Locais

• Rede local onde se origina o tráfego de rede, composta por computadores, servidores, swithes e roteadores, geralmente todos pertencentes a mesma empresa.

e roteadores, geralmente todos pertencentes a mesma empresa. • Cabeamento via UTP (Metálico) ou fibra (Backbone)

• Cabeamento via UTP (Metálico) ou fibra (Backbone) com velocidades de

10/100/1000Mbps.

WAN– Redes de Longa Distância
WAN– Redes de Longa Distância

• Interliga várias LAN’s, ou seja, diversas unidades em bairros, cidades ou até países diferentes

unidades em bairros, cidades ou até países diferentes • Normalmente utiliza links de operadoras de Telecom

• Normalmente utiliza links de operadoras de Telecom

• Conexões seriais com taxas mais baixas que em uma LAN podendo ir de 64kbps a 2Mbps (E1) ou taxas mais altas

Redes Comutadas
Redes Comutadas

Redes Comutadas por Circuitos

Redes Comutadas • Redes Comutadas por Circuitos
Redes Comutadas
Redes Comutadas

Redes Comutadas por Pacotes

Redes Comutadas • Redes Comutadas por Pacotes
Topologia de Redes
Topologia de Redes
Topologia de Redes
Topologia de Redes
Topologia de Redes

Ponto-a-ponto são geralmente utilizadas em redes WAN e conectam apenas dois equipamentos, normalmente roteadores ligados via interfaces seriais (PPP, HDLC ou Frame Relay)

ligados via interfaces seriais (PPP, HDLC ou Frame Relay) • Estrela e Estrela Estendida são utilizadas

Estrela e Estrela Estendida são utilizadas em redes

LAN com Hubs e Switches (redes Ethernet, Fastethernet ou Gigabitethernet)

Redes em Anel normalmente são utilizadas pelas operadoras de telecom para conectar seus pontos de presença (PoP) (redes SDH ou Sonet)

Características das Redes
Características das Redes

Tolerância a falhas – as redes devem prever redundância

Tolerância a falhas – as redes devem prever redundância • Escalabilidade – crescer sem precisar construtir

Escalabilidade – crescer sem precisar construtir uma nova rede

Qualidade de Serviços – suportar diversos tipos de tráfego priorizando cada um de acordo com suas características e necessidades

Segurança – evitar ataques, invasões, espionagem insdustrial, destruição de dados, quebra de privacidade, etc

Elementos de uma Rede
Elementos de uma Rede

• Cabeamento Estruturado

– UTP – Cat5e, Cat6

uma Rede • Cabeamento Estruturado – UTP – Cat5e, Cat6 – Fibra óptica • Hubs •
uma Rede • Cabeamento Estruturado – UTP – Cat5e, Cat6 – Fibra óptica • Hubs •
uma Rede • Cabeamento Estruturado – UTP – Cat5e, Cat6 – Fibra óptica • Hubs •

– Fibra óptica

• Hubs

• Switches

• Access Point (AP)

• Roteadores

• Equipamentos de segurança (IDS, IPS, Firewall)

• Servidores de Aplicação (e-mail, HTTP, FTP, DNS, etc)

• Computadores e Lap-Tops

Placa de Rede (NIC)

• Celulares, PDAs, Telefones IP, Video conferência, Telepresence, ???

Modelo de OSI
Modelo de OSI

• O que é um protocolo de comunicação?

Modelo de OSI • O que é um protocolo de comunicação? • Modelo de referência que

• Modelo de referência que define funções por camadas que possibilitam o funcionamento de um protocolo em rede.

Camada de aplicação
Camada de aplicação

• Responsável por atribuir serviços de rede a aplicativos de usuário.

por atribuir serviços de rede a aplicativos de usuário. • Aplicativos Típicos: – FTP, TFTP, SMTP,

• Aplicativos Típicos:

FTP, TFTP, SMTP, SNMP, HTTP, DHCP

Camada de apresentação
Camada de apresentação

• Proporciona serviços de comunicação convertendo diferentes formatos de dados, vídeo, som e figura para um formato apropriado para transmissão.

som e figura para um formato apropriado para transmissão. • Outras funções: – Criptografia, – Compactação

• Outras funções:

– Criptografia,

– Compactação

Camada de sessão
Camada de sessão

Camada de sessão • Estabelece, gerencia e conclui as sessões entre os aplicativos.( controle de diálogo

Estabelece, gerencia e conclui as sessões entre os aplicativos.( controle de diálogo ).

Camada de transporte
Camada de transporte

• Fornecer conexões virtuais ponto a ponto, incluindo recuperações de erros e controle de fluxo.

incluindo recuperações de erros e controle de fluxo. • Protocolos podem ser confiáveis ou não. UDP

• Protocolos podem ser confiáveis ou não.

UDP Sem conexão Não confiável Não faz verificação de software Vantagem : velocidade Ex: voz, vídeo

TCP Confiável Orientado p/ conexão Fornece controle de fluxo/confiabilidade Handshake triplo, janelamento, PAR, numeros de confirmação e restransmissão. Vantagem : entrega garantida

Camada de rede
Camada de rede

• Conectividade e seleção de caminho entre dois sistemas finais.

e seleção de caminho entre dois sistemas finais. • Fornece endereçamento de rede fim a fim.

• Fornece endereçamento de rede fim a fim.

• Endereços de rede não são alterados durante o caminho.

– Exemplos – IP / IPX.

– Dispositivos – Roteadores

Camada de enlace
Camada de enlace

• A camada de enlace proporciona trânsito confiável de dados através de um enlace físico.

trânsito confiável de dados através de um enlace físico. • A camada de enlace está relacionada:

• A camada de enlace está relacionada:

– Endereçamento físico.

– Topologia de rede.

– Disciplina de linha. ( acesso aos meios ).

– Notificação de erros. ( FCS )

Camada de enlace
Camada de enlace

Endereços da camada de enlace geralmente serão alterados para endereços do próximo enlace.

• Endereços físicos são chamados de MAC. • Os protocolos da camada de enlace incluem:
• Endereços físicos são chamados de MAC.
• Os protocolos da camada de enlace incluem:
• Dispositivos – Bridge , switch, placa de rede NIC

– ETHERNET, TOKEN RING, PPP, HDLC, FR, X25, ISDN

O endereço MAC
O endereço MAC

• O endereço de Controle de Acesso ao Meio (MAC)

– Endereço da camada 2

Controle de Acesso ao Meio (MAC) – Endereço da camada 2 – Gravado no chip da
Controle de Acesso ao Meio (MAC) – Endereço da camada 2 – Gravado no chip da

– Gravado no chip da ROM em uma placa de rede Ethernet

– Número exclusivo de 48 bits que está gravado como doze números hexadecimais. ( físico )

– Os primeiros 24 bits representam o fornecedor ou o fabricante

– Os últimos 24 bits do fornecedor formam o número de série.

Camada física
Camada física

• Define as especificações elétricas, mecânicas, funcionais para ativar, manter e desativar o enlace físico entre sistemas finais. ( Meios ).

desativar o enlace físico entre sistemas finais. ( Meios ). • Características: – níveis de voltagem

• Características:

– níveis de voltagem

– taxa de dados físicos

– distâncias máximas de transmissão

– conexões físicas

• Alguns Padrões:

– 10BASE-T

– 100BASE-TX

– V.35

– RS-232

• Dispositivos – Hubs, repetidores, transcievers, meios

Tipos de cabos
Tipos de cabos
• • PC-HUB • PC-Switch • Router-HUB • Router-Switch • Cruzado ou Cross • PC-PC
PC-HUB
PC-Switch
Router-HUB
Router-Switch
Cruzado ou Cross
PC-PC
HUB-HUB
Switch-Switch
Switch-HUB
Router-Router
Router-PC
Rollover

Direto

Console - Micro/Router

Encapsulamento de Dados
Encapsulamento de Dados

• Cada camada possui um protocolo próprio e informações de controle específicos que ficam armazenados em seu cabeçalho

específicos que ficam armazenados em seu cabeçalho • Cada camada se comunica com seu par remoto

• Cada camada se comunica com seu par remoto através dessas informações

• O processo de encapsulamento controla essa troca de informações entre as camadas

Encapsulamento de Dados e PDUs
Encapsulamento de Dados e PDUs
Encapsulamento de Dados e PDUs
Prática 1 – Largura de Banda Opcional!
Prática 1 – Largura de Banda
Opcional!

O objetivo desse exercício é avaliar o impacto da largura de banda sobre a transferância de um arquivo

da largura de banda sobre a transferância de um arquivo 1. As interfaces do swicth estarão

1. As interfaces do swicth estarão configuradas como Full- Duplex e taxa de 100Mbps

2. Execute o procedimento demonstrado pelo instrutor para acessar os arquivos na pasta do servidor

3. Inicie a cópia para seu computador anotando o tempo gasto

4. Agora o instrutor vai se conectar ao Switch e alterar as portas para Half-duplex com taxa de 10Mbps

5. Repita o procedimento acima e anote o tempo gasto

6. Qual a diferença?

7. Qual seria a velocidade teórica de transmissão?

Prática 2 – Packet Tracer
Prática 2 – Packet Tracer

• O objetivo da prática é a familiarização com o simulador de redes Packet Tracer

é a familiarização com o simulador de redes Packet Tracer • Abra o capítulo 2 do

• Abra o capítulo 2 do curso on-line na área do aluno e faça os laboratórios conforme solicitado pelo Instrutor

• Ao final do capítulo 2, no material online, assista a vídeo aula com as dicas sobre o lab

2.3!

• Obrigado!!!!
• Obrigado!!!!

Obrigado!!!!