Vous êtes sur la page 1sur 7

Sumário

Sumário............................................................................................................................................3 Provas em espécie:...........................................................................................................................3 1. Documental..................................................................................................................................4 2. Prova Testemunhal .....................................................................................................................5 3. Prova Pericial ..............................................................................................................................5 4. Prova de Inspeção Judicial .........................................................................................................6 5. Prova de Depoimento Pessoal ....................................................................................................6 6. Prova de Confissão......................................................................................................................7

Provas em espécie:

3

Pericial. CPC). e eventualmente as falsidades dos documentos devem 4 . a exibição. Momento: autor _ petição inicial _réu _ contestação. provas estas regulados no Código de Processo Civil). ou seja. É certo que alguns documentos. Também as gravações eletrônicas são provas documentais ( art. A prova documental deve ser produzida com a petição inicial e com a contestação. gravações de sons e assemelhados. filmes. alcançando não só os instrumentos inscritos. É também toda atestação escrita ou gravada de um fato.I nspeção Judicial.2005 são aqueles ou seja meios de prova regulamentados em sede legislativa ou seja provas típicas ( juridicamente idôneos ou de meios legais .inseridos pela Lei nº 11. Na Prova documental não se pode entrar com cautelar de produção antecipada de prova. A juntada de documentos durante o processo vai depender do devido deferimento pelo juiz. Várias são as Provas em espécies: Documental. 1. Documental Os documentos são quaisquer objetos elaborados pelo homem com o fim de produzir ou representar uma pessoa. CPC. Os documentos quanto fontes probatórias estão insertos nos arts 364 até 389 do CPC.como também as fotografias. Depoimento Pessoal e Confissão.Segundo CÂMARA. Só é admissível a juntada posterior de documentos quando sua apresentação no momento em princípio oportuno não foi possível por legítimo impedimento. 157.419/2006). ditos como indispensáveis. deverão ser juntados na petição inicial. 365. sendo noção bastante ampla. Os documentos em língua estrangeira só poderão ser juntados aos autos se devidamente traduzidos por tradutor juramentado (art. porque para esse tipo de prova existe cautelar específica. V e VI. Testemunhal. coisa ou fato.

Prova Testemunhal É a prova produzida por testemunhas. o juiz nomeia o perito. Prova Pericial A prova pericial consistirá na apreciação de fatos por meio de perito. se faculta ao juiz a nomeação de dois peritos diversos. Sendo apresentada pelo perito. quando sejam necessários conhecimentos especiais que o julgador não possua ou quando os fatos necessitam do detalhamento técnico (ex: Cálculo). o impedimento ou suspeição do depoente. nos procedimentos ordinários. O prazo para a juntada de rol. dentro de 5 dias. em que a parte argüirá a incapacidade. A matéria esta inserida nos artigos 400 até 419 do CPC. 3. indicar o assistente técnico e apresentar os quesitos . Em casos em que houver necessidade de conhecimento de conhecimentos diversos. devendo as partes. sendo que o juiz poderá ouvir apenas 3(três) sobre cada fato. 2. As partes podem requerer de até 10(dez) testemunhas. em que se determina que após o deferimento da prova. Podemos dizer que o instituto importante no tocante à prova é a contradita.é m dos auxiliares da justiça. 5 . A prova pericial obedecerá às regras dos arts 420 até 439 do CPC. que como já vimos. E testemunha é a pessoa estranha ao feito( pois se for parte o que se tem é o depoimento pessoal. Esta sofrerá restrição quanto a sua aplicabilidade conforme dispõe o artigo 401 do CPC. ou na omissão no prazo de até 10 (dez) dias antes da audiência. eventualmente. É certo que o perito. será aquele deferido pelo juiz. hipótese em que o mesmo será substituído. conforme art.ser asseveradas através de incidente. no prazo da contestação ou em 10(dez) dias após a ciência do documento. pode declarar a sua suspeição ou impedimento.que consiste na impugnação da testemunha logo após a sua qualificação. 407 do CPC. e não prova testemunhal) que vai ao juízo dizer que o que se sabe sobre os fatos da causa.

O juiz se desloca para o local dos fatos. a pessoa ou coisas. prestado na audiência de instrução e julgamento. b) preparatória: também não se admite. É a única prova que pode ser produzida no Tribunal. Prova de Depoimento Pessoal Espécie dos gêneros prova oral e prova testemunhal o depoimento pessoal é o testemunho prestado por uma das partes ( autor ou réu) em juízo. porque o objetivo da inspeção é o contato direto do juiz com o objeto para extrair convencimento. porque analisando o desenvolvimento da cautelar: a) incidental: haverá falta de interesse processual.O prazo de apresentação do laudo divergente será de 10 dias após a intimação da juntada aos autos do laudo do perito oficial. inclusive a inspeção judicial. Qualquer prova pode ser determinada pelo juiz de ofício ou a requerimento das partes. 6 . isto é. Prova de Inspeção Judicial Esta prova consiste na possibilidade do juiz de ofício ou a requerimento da parte inspecionar. sobre os fatos controvertidos e relevantes alegados pelas partes e provocar a confissão. bastando a petição nos autos. art 433 parágrafo único do CPC. 5. pois até a sentença o juiz pode fazer a inspeção na demanda principal. Na Inspeção judicial não se admite em cautelar de produção antecipada de prova. Este meio de prova tem dois objetivos:trazer esclarecimentos acerca dos fatos da causa. 4.no local em que se encontre. para se esclarecer eventuais dúvidas.

de fato contrário aos seus interesses e favorável ao adversário (art. A primeira pode ser espontânea ou provocada. se levará o respectivo termo nos autos. Prova de Confissão É a admissão. a qualquer tempo). Da confissão espontânea. Interrogatório( pode ser produzido em qualquer estado do processo.Os arts. mas o juiz pode determiná-lo de ofício. sendo que à parte é facultado não se manifestar sobre fatos criminosos que lhe forem imputados ou sobre questões sigilosas. 342 até o 347 do CPC. tanto que requerida pela parte . 348). 6. por algumas das partes. neste caso.tratam do depoimento pessoal que consiste na oitiva das próprias partes do processo. O requerente pode pleitear. FACULDADE INTEGRADA BRASIL AMAZÔNIA CURSO DE DIREITO 7 . como gênero dos quais depoimento pessoal e interrogatório são espécies. tão somente a oitiva da parte contrária. A confissão é judicial ou extrajudicial. significa. Nessa cautelar o interrogatório está no sentido clássico. a confissão provocada constará do depoimento pessoal prestado pela parte.

DISCIPLINA DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL II PROFESSORA: BEATRIZ REIS ALUNO: BENEDITO JÚNIOR SOUSA AMORIM PROVAS EM ESPÉCIE BELÉM/PA NOVEMBRO 2010 ALUNO: BENEDITO JÚNIOR SOUSA AMORIM 8 .

BELÉM/PA NOVEMBRO 2010 9 . Beatriz Reis. sob orientação da Profª.PROVAS EM ESPÉCIE Trabalho apresentado ao Curso de Direito da Faculdade Integrada Brasil Amazônia. da disciplina Direito Processual Civil II. como requisito para obtenção de nota parcial ao 2º NPC.