Vous êtes sur la page 1sur 4

FILEM – Faculdade de Luís Eduardo Magalhães Sistemas de Informação - REDES DE COMPUTADORES Profº José Neves

1

Redes

O que é uma rede de computadores? Uma rede de computadores é um sistema de comunicação de dados constituído através da interligação de computadores e outros dispositivos, com a finalidade de trocar informações e partilhar recursos. Basicamente uma rede consiste em 2 computadores interligados com o objetivo de compartilhar dados. Isso já pode ser considerado uma rede. Veja um exemplo na figura abaixo.

ser considerado uma rede. Veja um exemplo na figura abaixo. Este é apenas um exemplo simples,

Este é apenas um exemplo simples, é claro que uma rede não é apenas 2 computadores interligados afim de compartilhar dados e sim 2 ou mais interligados. Alias, todas as redes, não importa o quanto sejam sofisticadas, derivam desse sistema simples. Se a idéia de dois computadores conectados por um cabo não parecer extraordinária, no passado representou uma grande conquista nas comunicações.

Definição – Basicamente, uma rede de trabalho é um sistema que permite a comunicação entre dois pontos distintos, ou seja, um sistema que permite a troca de

informações. Os componentes básicos de uma rede de trabalho (ou rede de informações) são um emissor (origem da informação), o meio através da qual a informação trafega (o canal), um receptor (o destino da informação) e finalmente a mensagem, que nada mais

é do que a informação em si. Um exemplo comum seria quem está falando no telefone

com outra pessoa: O emissor seria quem está falando, o canal seria a linha telefônica, o

receptor a pessoa que está ouvindo e a mensagem seria a própria mensagem que está sendo comunicada. Ao longo dos anos as ferramentas para a comunicação de dados foram evoluindo gradativamente, de modo a tornar a troca de informações rápida, fácil e mais eficiente.

Redes de computadores incluem todos os equipamentos eletrônicos necessários a interconexão de dispositivos, tais como microcomputadores e impressoras. Esses dispositivos que se comunicam entre si são chamados de nós, estações de trabalho, pontos ou simplesmente dispositivos de rede. O principal motivo para a implementação de redes de computadores nas organizações, sejam elas simples escritórios ou empresas, resume-se em uma única palavra: dinheiro! Os custos reduzidos com a automatização dos processos mediante a utilização de redes é realmente muito significativo. Por exemplo, se uma empresa pudesse optar entre adquirir cem impressoras independentes ou apenas dez compartilhadas, sem dúvida alguma a segunda opção seria mais interessante.

Podemos ter dois tipos de redes de computadores: cliente-servidor (client-server)

e ponto-a-ponto (peer to peer). Na rede cliente servidor uma máquina, ou um pequeno

grupo de máquinas, centraliza os serviços da rede oferecidos as demais estações, tais como aplicativos e filas de impressão. As máquinas que requerem esses serviços são

FILEM – Faculdade de Luís Eduardo Magalhães Sistemas de Informação - REDES DE COMPUTADORES Profº José Neves chamadas de clientes, e as máquinas que os fornecem são chamadas de servidores. Na rede ponto-a-ponto não existem servidores, todas as estações compartilham seus recursos mutuamente. A grande desvantagem que as redes ponto-a-ponto oferecem com relação às redes cliente-servidor é a dificuldade de gerenciar os seus serviços, já que não existe um sistema operacional que centralize a administração da rede. Também não é possível estendê-las excessivamente, já que um número elevado de nós sobrecarregaria o fluxo de dados, tornando-a lenta e por conseguinte ineficaz.

2

Redes Ponto-a Ponto:

Usada em redes pequenas (normalmente com até 10 micros)

Baixo custo

Fácil implementação

Baixa segurança

Sistema simples de cabeamento

Todos os micros precisam necessariamente ser “completos”, isto é, funcionam normalmente sem estarem conectados à rede.

Não existe um administrador de rede, a rede é administrada por cada usuário.

Não existem micros “servidores”; cada micro ora age como um servidor, dando para os demais micros da rede acesso as suas unidades de disco, impressoras e outros periféricos, ora age como cliente, acessando recursos localizados em outros micros da rede.

A rede terá problemas para crescer de tamanho.

rede. • A rede terá problemas para crescer de tamanho. Maria Antonio Daniela Redes Cliente /

Maria

• A rede terá problemas para crescer de tamanho. Maria Antonio Daniela Redes Cliente / Servidor:
• A rede terá problemas para crescer de tamanho. Maria Antonio Daniela Redes Cliente / Servidor:

Antonio

Daniela

Redes Cliente / Servidor:

Usada normalmente em redes com mais de 10 micros ou redes pequenas que necessitem de um alto grau de segurança.

Custo maior que o de redes ponto-a-ponto.

Maior desempenho do que redes ponto-a-ponto.

Implementação necessita de especialistas.

Alta segurança

A manutenção e configuração da rede é feita de maneira centralizada, pelo administrador da rede.

FILEM – Faculdade de Luís Eduardo Magalhães Sistemas de Informação - REDES DE COMPUTADORES Profº José Neves

3

Existência de servidores, que são micros ou equipamentos capazes de oferecer recursos aos demais micros da rede, como impressão, armazenamento de arquivos e envio de mensagens eletrônicas.

Possibilidade de uso de aplicações cliente/servidor, como banco de dados.

Pedido de arquivo Micro executando várias tarefas Resposta lenta Cliente
Pedido de arquivo
Micro executando
várias tarefas
Resposta lenta
Cliente
Pedido de arquivo
Pedido de arquivo

Servidor de arquivos dedicado

Tipos de Servidores

arquivo Servidor de arq uivos dedicado Tipos de Servidores Resposta rápida • Servidor de Arquivos Cliente

Resposta rápida

Servidor de Arquivos

Cliente

Pede arquivo “texto.doc” Entrega arquivo “texto.doc” Cliente
Pede arquivo “texto.doc”
Entrega arquivo “texto.doc”
Cliente

Servidor de

Arquivos

FILEM – Faculdade de Luís Eduardo Magalhães Sistemas de Informação - REDES DE COMPUTADORES Profº José Neves

4

Servidor de Aplicação

Faz uma consulta Resultado da consulta Cliente
Faz uma consulta
Resultado da consulta
Cliente

Programa cliente-servidor sendo executado (Ex: banco de dados).

Servidor de

Aplicações

Servidor de Impressão

Envia documento para impressora Cliente Servidor de Impressora
Envia documento para
impressora
Cliente
Servidor de
Impressora

Impressão

Linhas de Comunicação A forma de utilização do meio físico que conecta estações dá origem à seguinte classificação sobre a comunicação no enlace.

Simplex: o enlace é utilizado apenas em um dos dois possíveis sentidos de transmissão. Half-duplex: o enlace é utilizado nos dois possíveis sentidos de transmissão, porém apenas um por vez. Full-duplex: o enlace é utilizado nos dois possíveis sentidos de transmissão simultaneamente.

Simplex

Half-duplex

Full-duplex

é utilizado nos dois po ssíveis sentidos de transmissão simultaneamente. Simplex Half-duplex Full-duplex ou
é utilizado nos dois po ssíveis sentidos de transmissão simultaneamente. Simplex Half-duplex Full-duplex ou
é utilizado nos dois po ssíveis sentidos de transmissão simultaneamente. Simplex Half-duplex Full-duplex ou
é utilizado nos dois po ssíveis sentidos de transmissão simultaneamente. Simplex Half-duplex Full-duplex ou

ou

é utilizado nos dois po ssíveis sentidos de transmissão simultaneamente. Simplex Half-duplex Full-duplex ou
é utilizado nos dois po ssíveis sentidos de transmissão simultaneamente. Simplex Half-duplex Full-duplex ou
é utilizado nos dois po ssíveis sentidos de transmissão simultaneamente. Simplex Half-duplex Full-duplex ou