Vous êtes sur la page 1sur 30

Fisiologia Clínica do Exercício

Profª. Esp. Ana Carolina Neto Cardoso


Especialista em Fisiologia do Exercício pela Universidade Federal de
São Paulo
(Escola Paulista de Medicina)
Graduada em Educação Física pela Universidade Estadual de Goiás
(Eseffego)
Definição

 Estudo e avaliação integrada dos


mecanismos sistêmicos de tolerância
ao esforço
 Busca respostas objetivas para a
melhora no desempenho de
indivíduos saudáveis ou
recuperação funcional de
pacientes.
Objetivos e Aplicações

 Avaliação da capacidade física;


 Determinação do fator fisiológico
limitante;
 Prescrição de exercícios;
 Avaliação de necessidade de
intervenção específica para melhorar
a tolerância ao exercício;
 Avaliação da resposta ao exercício
ou terapia.
O2

Músculo
Coraçã Pulmões V
ATP Mito o CO2
CO2 e
sangue VO
2
Concepção do ACSM

Habilidade para realizar


vigorosamente as atividades diárias
e apresentar capacidades e traços
associados com o baixo risco de
desenvolvimento prematuro de
doenças hipocinéticas.
Concepção do ACSM

 Componentes da Saúde

– Aptidão Cardiorrespiratória
– Composição Corporal
– Força e Resistência Muscular
– Flexibilidade
Prática da Fisiologia Clínica do
Exercício
 Triagem Preliminar
 Avaliação
– Diagnóstica
– Somativa
– Formal
 Prescrição do Exercício Físico
 Análise do Efeito do Exercício Físico
– Efeitos Agudos
– Efeitos Crônicos
– Relevância Clínica
Aptidão Cardiorrespiratória
CONSUMO MÁXIMO DE OXIGÊNIO (VO2
máx)

“É a máxima capacidade de captação,


transporte e utilização do oxigênio em
exercício dinâmico envolvendo
grande massa muscular corporal.”
(Silva, 2006)
* VO2 máx. Relativo e VO2 máx. Absoluto
Potência Máxima Aeróbia - Homens

ACMS, 2003
Potência Máxima Aeróbia - Mulheres

ACMS, 2003
VO2= DC X dif (a-v)
O2
FCXVS
Equação de Fick, desenvolvida por Adolf Eugen Fick (1829 - 1921)
Freqüência Cardíaca (FC)
“Número de batimentos cardíacos em
uma unidade de tempo.”

Freqüência Cardíaca Máxima (FC máx)


FC máx: 220 – idade
(Preconizada pelo A.C.S.M)
Volume Sistólico
Debito Cardíaco
Ajustes Fisiológicos ao Exercício

 FC
 Volume Sistólico
 Débito Cardíaco
 Pressão Arterial
 VO2 max
Composição Corporal
Composição Corporal

A Avaliação de Composição Corporal


é o fracionamento da massa corporal
(valores absolutos e relativos)
– Identifica riscos á saúde (níveis
excessivamente altos ou baixos)
Alteração da Composição Corporal ao
Exercício

 Massa Corporal Total


 Massa Muscular
– Hipertrofia Tensional
– Hipertrofia Metabólica
 Massa Gorda
Força Muscular
 Performance
 Estética
 Saúde
Ajuste ao Exercício

 Alteração Funcional
 Alteração Morfológica
Flexibilidade
 Maior
ADM de uma articulação
permitida pelos tecidos conjuntivos e
muscular
– Dinâmica
– Estática
 Flexibilidade
é diferente de
mobilidade articular e elasticidade.
Flexibilidade e Exercício

 Melhor desempenho (performance)


 Postura
Obrigada pela atenção.

biotipoconsultoria@hotmail.com