Vous êtes sur la page 1sur 14

Escola dos 2º e 3º ciclos da torre

• Laurissilva

Elaborado por:
Igor Silva nº10
Joana Silva nº11
Soraia Brito nº21
Vando Luís nº22
 Descrição……………….pág.3
 Origem………………….pág.4
 Plantas endémicas e indígenas..pág.5
 Motivações e características determinantes…
……….pág.6
 Descrição de algumas plantas….pág.7/10
 Bibliografia……………pág.11
 Conclusão…………….pág.12
Neste trabalho vamos falar sobre a laurissilva
que foi encontrada há cerca de 20 milhões de
anos, preparamos para vocês grande espécies da
laurissilva.
Espero que os meus colegas fiquem interessados
como nós ficamos.
É o nome dado a um tipo de floresta
húmida subtropical a temperada,
composta maioritariamente por árvores
da família das laurácias endémico da
macaronesia, região formada pelos
arquipélagos
Durante muito tempo considerou-se a
floresta Laurissilva como a única floresta
indígena da Madeira. Contudo, estudos
recentes mostram a existência de cinco
florestas indigenas na ilha da Madeira: o
zambujal a laurissilva…
A laurissilva remonta aos períodos Miocénico e
Piocénico da equipa Terciário, há 20 milhões de
anos.
Nessa altura a floresta ocupava toda a área de
agora pacia de Mediterrânio, sul da Europa e
Norte de Africa.
As glaciações que ocorreram no começo do
Quartenario, levaram á regressão da floresta.
A floresta laurissilva, cuja origem
remonta ao Terciário e que se
estendeu em tempos por vastas
regiões do Continente Europeu,
diminuiu drasticamente a sua área de
ocorrência durante as últimas
glaciações. Actualmente encontra-se
limitada a alguns arquipélagos do
Atlântico, Norte, onde a acção
moderadona do oceano permitiu a sua
sobrevivência.
O loureiro ou louro (Laurus nobilis) é uma árvore do gênero
Laurus da família botânica das Lauraceae ou lauráceas. É
originária do Mediterrâneo. Varia entre 5 e 10 m, mas pode
atingir até 20 m de altura. Suas folhas são vistosas, coriáceas e
com odor muito característico. Por isso são muito usadas em
condimentos na culinária em geral.
Além disso a madeira dessa árvore é de excelente qualidade. Possui ainda
algumas propriedades medicinais para reumatismo, estômago, etc.
Na Grécia Antiga as coroas confeccionadas com ramos de louro eram o
símbolo da vitória para os atletas e heróis nacionais. Esse costume também foi
herdado na Roma na época dos Césares. Por isso o termo laureado deriva
justamente do gênero Laurus.
A medicina popular indica o chá das suas folhas em caso de problemas com a
digestão.
É necessária extrema atenção para não confundir com o loureiro-rosa (Nerium
oleander), que serve unicamente para ornamentação, e cujas folhas e bagas são
muito tóxicas, podendo uma simples folha causar a morte a um adulto devido
aos problemas cardíacos que pode provocar.
Existem duas espécies semelhantes e do mesmo género endémicas dos
arquipélagos dos Açores, Madeira e Canárias (L. novocanariensis). Na ilha da
Madeira, o óleo obtido da baga do loureiro endémico, possui propriedades anti-
inflamatórias, sendo utilizado localmente como remédio caseiro para diversas
maleitas, podendo cada litro atingir preços de mercado elevadíssimos.
Durante muito tempo considerou-se a floresta Laurissilva como a única floresta
indígena da Madeira, contudo, estudos recentes mostram a existência de 5
florestas indígenas na ilha da Madeira: o Zambujal, a Laurissilva...
vinhático é uma planta do género botânico da família Lauraceae,
espécies endémica da ilha da Madeira, Açores e Canárias com a
denominação: Persea indica.
Apresenta-se como uma árvore com até 25 metros de altura, perenifólia, de
copa ampla e arredondada com folhas lanceoladas, de 10 a 20 centímetros de
comprimento, quase glabras, verde-claras, tornando-se avermelhadas ao
envelhecer, pecíolos geralmente avermelhados.
As flores desta planta são pequenas, esbranquiçadas, dispostas em panículas
com pedúnculos longos e pubescentes e os frutos ovoido-elipsoides, negros.
Trata-se de uma espécie endémica da ilha da Madeira, Açores e das Canárias,
característica da floresta da Laurissilva do vinhático, ocorrendo também na
floresta do Laurissilva do Til.
Esta planta apresenta floração entre Agosto e Novembro..
Apresenta-se como uma árvore com até 20 metros de altura, perenifólia, de
copa bastante densa, com ramos jovens castanho-tomentosos e folhas
variáveis, lanceoladas, ovadas, oblongas ou elípticas, com 5 a 17 centímetros
de comprimento, coriáceas, aromáticas, glabras na página superior e
geralmente tomentosas na página inferior, quando jovens.
As flores desta árvore são pequenas, unissexuais, branco-amareladas,
dispostas em cimeiras axilares. Os frutos tem forma ovóide e são negros
quando maduros.
-www.google.com – exemplos de
plantas da laurissilva, floresta da
laurissilva, young reportes- laurissilva
na Madeira.
- www.laurissilva.com
- www.wikipédia.com
Ao longo deste trabalho, todos nos
esforçamo-nos ao máximo.
E acho que cada um de nos esta satisfeito
com o trabalho.
Nós também ficamos a conhecer melhor a
laurissilva e esperemos que os outros
também fiquem a conhecer melhor a
laurissilva.