Vous êtes sur la page 1sur 23

Escola Básica Integrada de

Silvares
Ano Lectivo: 2008/09

Anorexia e Bulimia

Disciplina: Área de Projecto


Índice
Anorexia :  O que é a anorexia?
 Causas da anorexia?
 Formas de tratamento.
 Sintomas de anorexia.
 As consequências da anorexia.

Bulimia :  O que a bulimia?


 Causas da bulimia?
 Formas de tratamento.
 Sintomas da bulimia.
 História Verídica.
Introdução
Neste trabalho vamos abordar os
transtornos alimentares:
“ Anorexia e Bulimia”.
Para isso vamos trabalhar alguns
conceitos como, o que é a anorexia,
definição de bulimia, causas destas
doenças, etc.
Vamos então começar.
Anorexia
A anorexia é um
transtorno alimentar,
em que a pessoa não se
alimenta, o que leva a um
enorme emagrecimento
abaixo do peso mínimo.

Os doentes anorécticos,
acham que estão cada
vez mais gordos, quando
Existe uma obsessão em
na verdade estão muito
exagero de praticar
exercício físico para acelerar
magros, abaixo do seu
a perda de peso e compensar peso normal.
os alimentos ingeridos.
Tipos de anorexia:
Existem dois tipos de A anorexia afecta , a
anorexia: maioria, pessoas
1- O doente recusa-se jovens ( entre os 15 e
a alimentar-se. 25) e do sexo
feminino, em 95% dos
2- Os jejuns
prolongam-se, o que casos.
vai dar origem a
vómitos.
Causas da anorexia
Existem várias razões para se ter peso a menos:
 distúrbios da tiróide, que pode levar a uma
produção excessiva de hormonas, a que se dá o nome de
hipertirodismo;
 as alergias podem também levar a perda de peso, o
que mais tarde se pode agravar;
 as intolerâncias alimentares, produzem sintomas,
como indigestão e náuseas, que reduzem o apetite;
 qualquer doença física que inclua trauma,
inflamação, infecção ou reparação de tecidos pode
causar perda de peso, principalmente à diminuição de
peso.
Outros tipos de causas
Por vezes é possível identificar a causa
específica, como medicamentos causadores
de náuseas ou vómitos;
Mas, frequentemente a causa é muito
difícil de compreender, pois não existem
vestígios;
O stress e a depressão também podem
levar a uma perda de apetite e a problemas
digestivos, como náuseas.
Formas de tratamento
Tratamento da anorexia nervosa:
 A anorexia, por ser uma doença com raízes
psicológicas, é difícil de ser tratada. O anoréxico
passa por terapia individual, terapia em grupo e
terapia familiar, em casos leves e moderados.
 Como a negação da doença é frequente, os médicos,
terapias familiares têm de ter paciência a motivar os
anorécticos, para a sua recuperação.
 Em casos mais graves, caso não haja recaídas, é
indicado o tratamento hospitalar.
Outros tipos de tratamento
A anorexia nervosa está associada à
depressão, por isso é tratada com
antidepressivos.
A psicoterapia ajuda o doente a
prevenir e identificar recaídas. A
psicoterapia, é também o auxílio da
identificação de sintomas de depressão
e retorno dos sintomas.
Sintomas da anorexia

O paciente faz desenvolver uma relação doentia com a


comida ou empanturra-se com 15000 calorias em uma
única refeição, para depois deitar tudo fora ou até
ficam dias sem comer.
Os portadores da doença também desenvolveram uma
obsessão pela forma física e distorcem a auto-imagem
a tal ponto que se sentem gordos mesmo com o peso
abaixo dos 38 kg.
Outros tipos de sintomas
Quando começam a ter sintomas leves e
quedas de cabelo até às complicações
cardiovasculares, renais e endócrinas graves
que podem levar à morte.
A anorexia é a sensação diminuída de apetite,
na maioria dos casos, os estudos científicos
focam-se nos da anorexia.
Consequências da anorexia
Outras consequências
Consequências A anorexia por vezes
mais comuns em pode ser
pessoas consequência da
anorécticas, são as bulimia nervosa, ou
recaídas. seja, a pessoa come
menos e pratica o
A dieta também
acto bulímico em
contribui para excesso, fazendo
um ciclo de com que a anorexia
alimentação ocorra mais rápido.
em excesso ou
de ansiedade.
O que é a bulimia?
A bulimia é um Existe uma falta de
transtorno alimentar controlo sobre a sua
em que o bulímico alimentação e o
sofre de ingestão bulímico sente-se
alimentar compulsiva. incapaz de parar de
Em pouco tempo, o se alimentar.
individuo consome
vários alimentos
hipercalóricos.
Aspecto físico de um bulímico
O bulímico mantém o Em geral, em frente
seu peso normal ou dos outros, os
acima do normal, por bulímicos,
isso a doença passa alimentam-se pouco,
despercebida. mas quando estão a
O peso é mantido sós comem
devido aos jejuns e compulsiva-
excesso de exercício mente.
físico.
Causas da bulimia
A bulimia pode levar a vária s complicações, tais
como:
• diminuição do pressão corporal;
• diminuição da temperatura corporal, não
conseguindo o bulímico tolerar o frio;
• o indivíduo tem sofrimento psíquico;
• há a interrupção da menstruação;
• interesse por elementos calóricos;
• obsessão por exercício físico;
• presença de depressão grave e o
comer escondido.
Formas de tratamento
Como na anorexia, na bulimia há a presença de
depressão, portanto há a utilização de
antidepressivos.
No aspecto psicoterapêutico, surgem os
excessivos jejuns e compulsões, este gira em
torno do controle.
O tratamento analítico, comportamental
consiste em estabelecer uma adequada, isto
extingue os regimes e dietas restritivas.
Sintomas da bulimia
Para compensar o ganho do peso, o
bulímico faz por vomitar o que come;
Jejuam vários dias;
Dependência de drogas e álcool e de
furto compulsivo (cleptomania);
Há a ingestão alimentar compulsiva e
exagerada;
Há também fraqueza e vários
desmaios.
História Verídica
Uma mulher que sofria de bulimia
Alice tem 32 anos e vive sozinha.
Desenvolveu bulimia nervosa
depois de se divorciar do marido, há
dois anos. Desde o divórcio que
sofre de crises de depressão e que
começou a sentir-se sozinha e
isolada. A pressão no trabalho fez
que tivesse de aceitar mais tarefas
do que lhe é possível suportar.
Como resultado, tem trabalhado até
muito tarde e passado a maior
parte das noites sozinha em casa.
Embora costumasse ser muito
O que deve fazer Alice?

Alice precisa de ultrapassar o divórcio do


marido e de resolver as outras
necessidades emocionais, podendo a
consulta de um conselheiro revelar-se útil.
Necessita de reconhecer a ligação ente a
sua saúde emocional e os seus padrões de
alimentação.
Deve também tomar medidas para aliviar
a sensação de isolamento em casa.
Reservar tempo para fazer coisas de que
gosta, como sair com amigos ou ver um
filme, é especialmente importante sempre
que sinta m grande desejo de comer.
Como correram as coisas para Alice?

Alice negociou uma distribuição


mais justa da carga de trabalho e
passou a sair mais cedo á noite.
Começou a achar-se menos
cansada, a gozar o seu tempo
livre e a consultar um
conselheiro, que a fez sentir-se
mais positiva em relação a si
própria depois de lhe mostrar
Conclusão
Neste trabalho ficámos a conhecer
alguns conceitos sobre a anorexia e a
bulimia.
Isto, pode vir a servir-nos de lição para
a vida ou também de prevenção.
Bibliografia
Sites da Internet:
http://www.psiqweb.med.br/;
mhtml:file://E:\Anorexia-.mht

Livros: Carroll & LIMITED, Brown,


Alimentação Saudável, Seleções do reader`s
digest, Junho de 1999
Carroll & LIMITED, Brown, Contrlo do
peso e alimentação, Seleções do reader`s
digest, Maio de 1998