Vous êtes sur la page 1sur 7

Reflexões sobre currículo

escolar e tecnologia

Eda Luz Silva


O currículo caracteriza-se
pelo conjunto de saberes
produzido pela sociedade,
consequentemente, o
sistema de ensino determina
quais os conteúdos deverão
fazer parte do mesmo, e
também a seqüência que
estes deverão ser ensinados.
Atualmente, observa-se a necessidade de integrar aos
componentes curriculares novos princípios sociais como ética,
cidadania, trabalho, consumo, desigualdades sociais, educação
sexual, educação para a saúde, educação ambiental,
informática, tecnologias, enfim, realidades do mundo vigente.
Cabe ao professor e a escola, portanto, desenvolver uma prática
pedagógica reflexiva, analisando criticamente o tipo de
educação, de projetos e de currículo a ser desenvolvido, sempre
em função do todo.
Vivemos em um mundo
globalizado, cuja tecnologia
está presente nas nossas
vidas. Assim, a informática
deve estar inserida ao
currículo escolar com o
objetivo de fortalecer o
processo educativo e,
consequentemente, a
promoção para uma
sociedade digitalizada e
democrática.
Assim, o currículo escolar,
os projetos pedagógicos e as
novas tecnologias devem
dar oportunidade ao aluno
de adquirir novos
conhecimentos, desenvolver
habilidades, desenvolver
valores e princípios, facilitar
o processo de ensino e
aprendizagem,
complementar os conteúdos,
enfim, visar o
desenvolvimento integral do
indivíduo, principalmente,
vinculadas com as questões
de cidadania.