Vous êtes sur la page 1sur 67

Docente: Dorival Blaquer Hernandes

dorival@fcm.unicamp.br
APARELHO CARDIO
CIRCULATÓRIO

• O Aparelho Circulatório é constituído


por um órgão Muscular, o Coração e
Vasos Sanguíneos que permitem a
circulação do sangue a todas as partes
do organismo.
DIVISÃO DO
SISTEMA
CIRCULATÓRIO
SISTEMA SANGUÍNEO

• São compostos de vasos condutores


do sangue (artérias, veias e capilares)
e o Coração (o qual pode ser
considerados como um vaso
modificado).
SISTEMA LINFÁTICO

• São formados pelos vasos condutores


da Linfa (capilares linfático, vasos
linfáticos e troncos linfáticos) e por
órgãos linfóides (linfonodos e tonsilas).
ÓRGÃOS HEMOPOIÉTICOS

• São representados pela medula óssea


e pelos órgãos linfóides (baço e timo).
CORAÇÃO
• É um órgão muscular oco, que impulsiona o
sangue, localizado entre os dois pulmões
no espaço denominado mediastino, com a
base levemente voltada para o lado
esquerdo. Internamente é envolvido por
uma membrana chamada Endocárdio.
Externamente, por outra membrana
chamada Pericárdio. A musculatura
cardíaca localizada entre as duas
membranas chama-se Miocárdio.
• O coração está dividido em duas partes:
coração direito e esquerdo. Cada parte
divide-se em Átrios, superiormente e
Ventrículos, inferiormente. Os Átrios
comunicam-se com os Ventrículos
correspondentes por orifícios que possuem
Valvas, permitindo a passagem do sangue
dos Átrios para os Ventrículos e impedindo
o retorno. No lado direito temos a Valva
Tricúspide e no lado esquerdo a Valva
Mitral ou Bicúspide.
FORMA DO CORAÇÃO

• O coração tem a forma


aproximadamente de um cone trocado,
apresentando uma base, um ápice e
faces (esterno-costal, diafragmática e
pulmonar).
SITUAÇÃO
• O coração fica situado na cavidade
torácica, atrás do esterno, acima do
Músculo Diafragma sobre o qual em parte
repousa, no espaço compreendido entre os
dois sacos pelurais (Mediastino). Sua
maior porção se encontra à esquerda do
plano mediano. O coração fica disposto
obliquamente, de tal forma que a base é
medial e o ápice é lateral.
PROPRIEDADES DO MÚSCULO
CARDÍACO

• Excitabilidade;
• Automaticidade;
• Condutividade;
• Contratilidade.
VASOS SANGUÍNEOS

• Os Vasos Sanguíneos são um


conjunto de canais por onde o sangue
circula pelo organismo a fim de
alimentar e estimular os tecidos.
DIVISÃO DOS VASOS
SANGUÍNEOS

• Os Vasos Sanguíneos são divididos


em:
- Artérias;
- Veias;
- Capilares Sanguíneos.
ARTÉRIAS

• São tubos cilindróides, elástico, nos


quais o sangue circula centrifugamente
em relação ao coração. Portanto, são
vasos que saem do coração e
conduzem o sangue para os diversos
órgãos e tecidos.
CALIBRE

• Tendo em vista seu calibre, as artérias


podem ser classificados em :
- Artérias de grande calibre (7mm);
- Artérias de médio calibre (2,5 a
7mm);
- Artérias de pequeno calibre (0,5 a 2,5
mm);
- Capilares arteriais (< 0,5 mm);
DE ACORDO COM AS FUNÇÕES AS
ARTÉRIAS PODEM SER
CLASSIFICADAS EM:

• Elástica ou de grande calibre. Ex: Aorta;


• Distribuidoras ou Musculares. Ex: maior
parte das Artérias do corpo.
• Arteríolas. São os menores ramos das
Artérias e oferecem maior resistência ao
fluxo sanguíneo.
NÚMERO

• O número de Artérias que irrigam um


determinado órgão é muito variável, mas
está em relação não apenas como
volume do órgão, mas principalmente
com sua importância uma estrutura
recebe sangue de mais uma Artéria.
SITUAÇÃO

• As Artérias podem ser:


- Superficiais;
- Profundas;
ARTÉRIAS SUPERFICIAIS

• As Artérias Superficiais geralmente


são oriundas de Artérias Musculares e
se destinam à pele, sendo por isso
mesmo de calibre reduzido e
distribuição irregular.
ARTÉRIAS PROFUNDAS

• É quase que a totalidade das Artérias, e isto


é funcional pois nesta situação as Artérias
encontram-se protegidas. As Artérias têm
“Filia” pelos ossos e “Fobia” pela pele.
• As Artérias Profundas geralmente são
acompanhadas por uma ou mais Veias que
fazem o mesmo trajeto das Artérias.
NOMENCLATURA

• Entre os critérios utilizados para designar as


Artérias, os quais comuns são:
- Situação (Artéria Braquial);
- Direção (Artéria Circunflexa da Escápula);
- Órgão Irrigado (Artéria Renal);
- Peça Óssea Contígua (Artéria Femural);
VEIAS

• São tubos nos quais o sangue circula


centripetamente em relação ao
Coração, ou seja, são vasos que
chegam ao Coração e conduzem o
sangue dos órgãos e tecidos para o
Coração.
FORMA

• É variável de acordo com quantidade


de sangue em seu interior. Quando
cheias de sangue, as Veias são mais
ou menos cilíndricas; quando pouco
cheias ou mesmo vazias são
achatadas, de secção elíptica.
Fortemente distendidas apresentam-se
moniliformes ou nodosas devido à
presença das Válvulas.
CALIBRE, VEIAS
TRIBUTÁRIAS OU
AFLUENTES E NÚMERO
• O número de Veias é maior do que
das Artérias, não só porque é muito
mais freqüente a existência de duas
Veias acompanhando uma Artéria,
como também pela existência de um
Sistema de Veias Superficiais as quais
não correspondem Artérias.
SITUAÇÃO

• De acordo com sua localização em


relação as camadas do corpo humano,
as Veias são classificadas em :
-Veias Superficiais;
-Veias Profundas;
VEIAS SUPERFICIAIS

• São subcutâneas, com frequência


visíveis por transparência na pele mas
calibrosas nos membros e no pescoço.
Drenam o sangue da circulação
cutânea e servem também como via
de descarga auxiliar da circulação
profunda.
VEIAS PROFUNDAS

• Podem ser solitárias isto é não


acompanham as Artérias (V. Cava) ou
satélites das Artérias. Numerosas
Veias comunicam Veias Superficiais
com Veias Profundas e são
denominadas Veias comunicantes.
VÁLVULAS

• A presença de Válvulas é uma das


principais características das Veias,
embora haja exceções, pois estão
ausentes nas Veias do Cérebro e em
algumas Veias do Tronco e do
Pescoço. As Válvulas são pregas
membranosas da camada interna da
Veia, em forma de bolso e tem como
função impedir o refluxo do sangue.
CAPILARES SANGUÍNEOS

• São vasos microscópicos, interpostos


entre Artérias e Veias. Neles se
processam as trocas entre o sangue e
os tecidos. Sua distribuição é quase
universal, sendo rara sua ausência em
tecidos ou órgãos, como é o caso da
Epiderme, da Córnea e do Cristalino.
Circulação Coronária
SISTEMA LINFÁTICO

• É um sistema formado por vasos e


Órgãos linfóides e nele circula a linfa,
sendo basicamente um sistema
auxiliar de drenagem, ou seja, auxiliar
do sistema venoso.
OBS: Linfa – É um ultra filtrado
sanguíneo.
ÓRGÃOS LINFÓIDES

• Linfonodos;
• Baço;
• Timo;
FUNÇÕES E
MECANISMOS DO
APARELHO
CIRCULATÓRIO
FUNÇÕES

• O aparelho circulatório tem como


primeira função:
- Conduzir elementos nutritivos e
estimulantes aos tecidos;
- Função excretora;
- Regulação da temperatura corpórea;
PEQUENA CIRCULAÇÃO

• É o percurso do sangue Venoso do


Ventrículo Direito até o Pulmão pela
Artéria Pulmonar. Nos pulmões o
sangue venoso recebe oxigênio e cede
gás carbônico, transformando-se em
sangue arterial, que retorna ao
coração no Átrio Esquerdo pelas veias
pulmonares.
GRANDE CIRCULAÇÃO

• É o percurso do sangue arterial do


Ventrículo Esquerdo a todo organismo,
levado pela Artéria Aorta e seus ramos
elementos nutritivos aos tecidos e
trazendo deles os produtos
metabólicos inúteis, através das Veias
Cavas e seus ramos, para o Átrio
Direito.
SANGUE
• O sangue é um líquido vermelho que
circula no sistema fechado do coração e
vasos sanguíneos. Estima-se que ele
corresponda a 7% do peso corpóreo.
• Quando adicionamos em um recipiente um
certo volume de sangue notamos, algum
temo depois, a eliminação de duas partes
distintas; uma parte líquida e uma parte
sólida.
PLASMA
• O Plasma nada mais é que a parte
líquida do sangue e é composto por:
- Substâncias orgânicas;
- Substâncias inorgânicas;
- Íons;
- Proteína;
PARTE FIGURADA OU SÓLIDA

• A parte do sangue é formada pelos


elementos figurados, ou seja:
- Hemáceas, que também são
conhecidas como Eritrócitos ou
Glóbulos Vermelhos;
- Glóbulos Brancos;
- Plaquetas;
GLÓBULOS VERMELHOS
• São aproximadamente 5.000.000/mm3
de sangue, sendo que este número é
maior no homem do que na mulher.
• Sua principal função é o transporte de
gases através do sangue, ou seja,
levar o oxigênio dos Pulmões às
células e levar o gás carbônico destas
aos pulmões para ser eliminados.
GLÓBULOS BRANCOS
• No indivíduo sadio, o sangue contém
7.000 Leucócitos/mm3 aproximadamente.
• Sua principal função é combater os
microorganismos que invadem nosso
corpo, ou seja, formam nosso sistema de
defesa.
PLAQUETAS

• As Plaquetas são as maiores células


do sangue. Normalmente, há cerca de
250.000/mm3 de sangue.
• Possui importante papel na
coagulação do sangue.