Vous êtes sur la page 1sur 35

CENTRO DE ENSINO AVANÇADO DA FAÍSA/CIODONTO

UNIDADE ESPIRITO SANTO

FILOSOFIA
e suas aplicações na Saúde

Jose Luiz Sena, Sociólogo.


M.Sc em Planejamento Regional e Gestão de Cidades.
Especialista em Tecnologia da Informação e Marketing.
FILOSOFIA
REFERÊNCIAS:
ALVES, Rubem. Várias Obras. SP: Ed Papirus, 1996 – 2010
ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Filosofia da Educação. São Paulo: Moderna,
1989
BOFF, Leonardo. A águia e a galinha: uma metáfora da condição humana. 37ª
ed., RJ: Ed. Vozes, 1997.
CORTELLA, Mario Sergio. Não espere pelo epitáfio... Provocações filosóficas. 4ª
ed., RJ: Ed. Vozes, 2005.
CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 1998.
OS PENSADORES. Os Pré-Socráticos. SP:Nova Editora, 1996.
________________. Filosofia da Renascença a Filosofia Contemporânea (do
séc. XIV até o séc. XX). SP:Nova Editora, 1996.
METODOLOGIA:
Aulas expositivas e vivenciais.
Aulas com Debates e Apresentação de Trabalhos em grupo.
2
FILOSOFIA
Dinâmica 1
CONCEITOS ANTIGUIDADE MODERNIDADE ORDEM

Curiosidade

Compreensão

Questionamento

Interpretação

Realidade

Investigação

Argumentação

Análise

Discussão

Formação

Reflexão 3
FILOSOFIA
CONTEXTUALIZAÇÃO

Na Antiguidade, originou-se da inquietude gerada pela


curiosidade em compreender e questionar os valores e as
interpretações aceitas sobre a realidade dada pelo senso
comum e pela tradição.

Na Era do Conhecimento, é a disciplina ou a área de


estudos que abrange a investigação, a argumentação, a
análise, discussão, formação e reflexão das idéias sobre o
mundo, o Homem e o Ser.

4
FILOSOFIA
Objetos e Aspectos de estudo

SER

REALIDADE

REALIDADE

SER
5
FILOSOFIA
Objetos e Aspectos de estudo

TEMPO

ESPAÇO

O que significam estes termos para a saúde:

Na Antiguidade:
Na Era do Conhecimento:
6
FILOSOFIA
Objetos e Aspectos de estudo

Sagrado

Racional

O papel do agente de saúde:


Na Antiguidade:
Na Era do Conhecimento:
7
FILOSOFIA

Existem três formas de concepção


filosófica:

1)Metafísica
Dominou na Antiguidade e Idade Média.
Um conhecimento é filosófico ou não é conhecimento.

8
FILOSOFIA

Existem três formas de concepção


filosófica:

1)Metafísica
2)Positivista
O conhecimento cabe às ciências.
À Filosofia cabe coordenar e unificar seus resultados.

3)Crítica

9
FILOSOFIA

Existem três formas de concepção


filosófica:

1)Metafísica
2)Positivista
3)Crítica
A Filosofia é juízo sobre a ciência e não conhecimento de
objetos.
Sua tarefa é verificar a validade do saber, determinando
seus limites, condições e possibilidades efetivas. 10
FILOSOFIA
A filosofia está organizada em grandes áreas:

EPISTEMOLOGIA OU TEORIA DO
CONHECIMENTO:
- da justificação e dos conhecimentos
humanos;
-das possibilidades, suas condições e modo
de estruturação ;
- trata da natureza das crenças humanas.

11
FILOSOFIA
LÓGICA:
- é o estudo das regras do pensamento.

ÉTICA:
- estudo das regras e princípios para
definição coletiva do bem e do mal;
- do que consideramos (coletivamente)
certo e errado.

12
FILOSOFIA

VIDEO

13
FILOSOFIA
POLÍTICA:
- trata das estruturas de poder na trama
social;
- tem por objeto refletir sobre a essência
social humana;
- o homem como ser naturalmente
político.
FILOSOFIA DA ARTE OU ESTÉTICA:
- reflexão sobre o juízo de apreciação
aplicado na distinção entre o belo e o feio.

14
FILOSOFIA
da Filosofia Antiga (séc. VI a.C. ao séc. VI d. C.)

Platão: o uso do saber em proveito do homem, o que implica:


1º) posse de um conhecimento que seja o mais amplo e mais válido possível,
2º) o uso desse conhecimento em benefício do homem.

Aristóteles: filósofo não é um especialista, é um conhecedor de todas as


coisas sem possuir uma ciência específica.

15
FILOSOFIA
Aristóteles (384-322 a.C.): O silogismo é um discurso no qual,
mediante certas premissas, uma conclusão delas se infere
necessariamente.
O exemplo clássico de silogismo (1) é:
1) Todos os homens são mortais.
2) Sócrates é homem.
3) Logo, Sócrates é mortal.
As afirmações 1 e 2 são premissas; A terceira afirmativa é a conclusão.
Formula princípios fundamentais, como o da não-contradição:"É
absolutamente impossível conceber que uma coisa é e não é.”(2)

(1) ARISTÓTELES, Organon III Analíticos Anteriores, Guimarães Editores, 2ª Ed., Lisboa, 1986, p.163.
(2)CHÂTELET, (dir.) A Filosofia Pagã, Publicações Dom Quixote, Lisboa, 1978, p. 129.

16
FILOSOFIA
Dinâmica 2

SILOGISMOS

1) Eu, (coloque aqui seu nome), sou um ser humano...

2) Todos os seres humanos nadam nos mares...

3) As baleias nadam nos mares...

3) Logo, ... (complete com sua conclusão).

17
FILOSOFIA
da Filosofia Antiga (séc. VI a.C. ao séc. VI d. C.)

Tales: (matemático e engenheiro), pensador pré-socrático, considerado o


marco referencial da filosofia ocidental, buscava explicações das coisas
usando a “arché” (origem causal) em contraposição ao uso de fábulas
(mitos).

Heráclito: “panta rei”,

Sócrates: Não valorizava os prazeres dos sentidos, todavia, escalava o


belo junto ao bom e ao justo, entre as maiores virtudes.
Dedicava-se ao parto das idéias (Maiêutica) dos cidadãos de Atenas.
-"conhece-te a ti mesmo“;
- duvidava da idéia sofista de que a arete (virtude) podia ser ensinada;
- sempre dizia que sua sabedoria era limitada à sua própria ignorância (Só sei
que nada sei.);
18
FILOSOFIA
Filosofia Patrística (séc. I ao séc. VII):
 Orígenes,
 Clemente, e
 Agostinho: a Fé x Razão; Deus x Livre Arbítrio; Aprender (leitura
individual) como método para chegar ao divino; o pecado x salvação; o
maniqueísmo (a luta entre o bem contra o mal).

Filosofia Medieval (Escolástica – do séc. VIII ao séc. XIV) :


 Avicena,
 Scotus Erígena,
 Abelardo,
 Tomás de Aquino e
 Guilherme de Ockhan (“Em nome da Rosa”)

19
FILOSOFIA

INTERVALO

20
FILOSOFIA

21
FILOSOFIA

22
FILOSOFIA

23
FILOSOFIA

24
FILOSOFIA

25
FILOSOFIA

26
FILOSOFIA

27
FILOSOFIA

28
FILOSOFIA

29
FILOSOFIA

30
FILOSOFIA
Síntese dos Períodos da Filosofia
Características dos Períodos

Filosofia Antiga
Bases do pensamento ocidental e a sistematização do conhecimento.

Filosofia Medieval
Embate e separação entre as verdades da fé e as verdades da razão.

Filosofia Moderna
Fundamentada na razão como base do conhecimento científico e
promotora do progresso.

Filosofia Contemporânea
Revisão das bases racionais: a razão em crise.

31
FILOSOFIA

Para que serve a Filosofia?

32
FILOSOFIA

Filosofia é o mais útil de todos


os saberes de que os seres
humanos são capazes.

33
FILOSOFIA

ATIVIDADE FILOSÓFICA
 REFLEXÃO CRÍTICA RACIONAL

 RADICAL

 SISTEMÁTICA

34
Obrigado!
Até o próximo encontro
em julho...

35