Vous êtes sur la page 1sur 20

Aspectos

mticos da
memria e do
tempo
MNEMOSYNE = MEMRIA
DIVINIZAO DA MEMRIA

Vasta mitologia da
reminiscncia na Grcia;
Preside a funo potica;
MNEMOSYNE = MEMRIA
Preside a funo potica;

Poesia constitui uma das


formas tpicas da possesso e
do delrio divino = entusiasmo;

Interveno sobrenatural;
AEDOS E ADIVINHO
AEDOS E ADIVINHO
Cegos para a luz, eles vem o
invisvel;

O Deus que os inspiram mostra-


lhes, em uma espcie de
revelao, as realidades que
escapam ao olhar humano;
EXPERINCIA DO POETA
pocas passadas e o poder de
estar presente no passado;

Mesmo inspirado pelas musas,


o poeta se esfora, prepara-se
para exercer seu cargo de
vivncia;
INVOCAO MUSA

Catlogo histrico = memria


social;

Arquivos de uma sociedade


sem escrita;
FUNO DA MEMRIA
A invocao do passado faz
reviver o que no mais existe e
nos d uma iluso de
existncia

Esquecimento = gua da morte.


Memria = fonte da imortalidade.
Estou seco de sede e
morro: mas dai-me,
depressa, a gua
fresca que brota de
Mnemosyne. Serei um
deus em vez de um
mortal
MITO
Estrutura, classifica,
sistematiza, torna assimilvel,
edifica o saber compartilhado, o
pensamento coletivo;

Primeira leitura do mundo,


compreenso direta do SER;
MITO
Mnemosyne e as 9 musas;
palavras cantadas;
Repete, recita, compe,
ritmifica;
Encontro com a verdade;
Resgate dos aconteciementos,
presentificar o passado;
Presentifica e revela Aletia
(contra Lthe);
DECADNCIA
A memria deixa de ser uma potncia mtica
e passa a uma faculdade espistemolgica;

PLATO = anamnese;

ARISTTELES :

= memria passado invocado

= invocao voluntria pathos (alma sensitiva


DECADNCIA
COLLI VERNANT

Deus Mnemosyne
Revelao (memria)
Verdade Revelao
Sabedoria Verdade
Sbio Manaco Poetas Adivinhos

DECADNCIA
Filosofia Plato Aristteles
Discurso Racional Anamnese Memria
Dialtica Pathos Invocao
DECADNCIA
Mnemotcnica Escrita

Arte da Memria Morte da memria


Mnemo Tchn S pode se repetir
(fazer sujeito a
regras)
Faz lembrar Faz esquecer
Memria viva Memria auxiliar
Dentro, processo Fora, exterior
interior memria
Grupo de Estudo Mnon

Faculdade Jesuta de Filosofia


e Teologia (FAJE)

Prof. Richard Romeiro Oliveira