Vous êtes sur la page 1sur 20

Papel do cristão

no meio do mundo
coerência | secularidade | modernidade
caleidoscópio

De pré-moderno a pós-moderno
Pré-moderno Moderno Pós-moderno
• A filosofia clássica não • A Idade Moderna considerava- • Negação de uma época que se
procurava criar sistemas se a superação da considerava perene
filosóficos antecedente • Invenção da geometria não-
• Moderno é sinônimo de atual • Baseia-se em sistemas que Euclidiana, movimentos
desde 495, ano em que surgiu negam a experiência dos artísticos dos anos 20,
a palavra modernus sentidos ou o processo de Finnegans Wake (1939) de
pensamento, têm um único ou James Joyce
poucos pontos de contato com • Somente após a II Guerra suas
a realidade, reivindicam ser a evidências tornaram-se
única explicação global inequívocas
Desumanização Pós-modernismo filosófico Desconstrução
• O pós-modernismo ataca o • Tentativa ex post facto de • As metanarrativas
homem como o modernismo justificar o movimento pretenderam construir
atacou a Deus para exaltar o literário edifícios intelectuais, vistos
homem • Não é um sistema doutrinal como tentativas de prescrever,
• Alain Robbe-Grillet queria que estruturado, mas uma circunscrever e controlar a
a literatura descrevesse o atmosfera, uma tonalidade realidade, mais do que de
homem como um objeto, no descrevê-la
• O extremismo
máximo “um inseto entre desconstrutivista é uma • Não busca a verdade, mas
insetos”, técnica aplicada em “antidefinição” teórica do nega que seja alcançável e
suas obras pensamento inclusive nega a natureza
arenas

Oportunidades
Os aspectos negativos são óbvios, mas o pós-modernismo
tem a vantagem de dissolver a visão de mundo modernista

Reclama novos métodos apostólicos,


mas que são na realidade antigos
Denuncia o
quanto estamos
comprometidos
com a forma
moderna de
entender as
coisas Atmosfera Atitude Disposição
da de para o
liturgia abertura diálogo
• Atender o amplíssimo campo de • Conquistar a autonomia
atuação oriundo das integrada das esferas religiosa e
vertiginosas mudanças sociais estatal
• Superar com o diálogo a • Difundir o conceito de
disjuntiva público – privado, secularidade como pertença ao
efeito colateral do pluralismo mundo e responsabilidade por
• Preservar o terreno comum de ele
valores consolidados pelo • Tornar cultura a fé acolhida,
cristianismo pensada e vivida
O mais radical
Identidade cristã
desafio
e laicidade
da história

compromisso neutralidade e
e o diálogo clericalismo
tolerância
x
• patrulhamento ideológico relativismo
• carência de argumentação
ódio

organicidade • informalidade
x • burocratização fragmentação
instituição • impessoalidade

mentalidade
hebraica • holismo
x • condenação do dualismo massificação
grega

rede • compartilhamento
x • mobilização
autoridade
atomização
• democratismo
dificuldades

Nova Cruzada
Falácias Discursos Mentiras
• Marxismo cultural • “Isso é preconceito!” • Só falar verdades, mas
(Gramsi) • “Defendo o direito das ocultar alguns pontos
• Liberação sexual minorias” • Dizer 90% de verdade
(Marcuse) • “Sociedade pluralista” e 10% de mentiras
• Ecologismo e • “Liberdade de • Insistir na falsidade
antitabagismo expressão” • Fingir pôr-se no lugar
(sucedâneos pós-89) • “Você é reacionário” de quem se deseja
• Relativismo • “Precisamos fazer prejudicar
(impossibilidade da justiça histórica”
certeza)
Explorar a Legislar
emoção imitando
causada pelo outros
Legalizar o Dizer caso-limite Estados
que se respeitar a
tornou opinião da
comum maioria
Pedir 100
para obter 50

Dar um passo Usar


atrás do assessoria de
outro imprensa
para maquiar
Usar um
rosto Revolucionar
conhecido o idioma

Apontar a
Igreja como
inimiga
agenda

Diagnóstico
Tempo de crise
 Crescente brecha entre ricos e
pobres
 Mas, para muitos ocidentais, a vida
pode ser bastante boa
 O que se quiser ter,
pode-se conseguir
 Cultura publicitária orientada
deliberadamente aos consumidores
mais jovens
Tudo é possível, nada é certo
 A verdade já não se recebe nem
precisa ser provada, pois “não
existe nada objetivo”
 Quase todas os gostos pessoais
podem ser atendidos
 Aspiração generalizada pelo agora,
mais e melhor
 O individualismo ameaça a coesão
social: a família e a comunidade
Temporada para futurologia
 Cultura dominada pela escolha,
preferência pessoal e imediatez
 A religião torna-se a la carte e o
futuro apresenta-se enigmático
 A Igreja institucional pode parecer
antiquada para as novas gerações
 O esoterismo aparenta oferecer
respostas
panaceia

Prognóstico
Necessitado
para
ajudar
Comunidade
para
pertencer
Deus
para
responder
Academia Mídia
• Busca da verdade e integração dos saberes • Informação
• Desenvolvimento da pessoa humana • Recepção das novas teorias
• Competência científica e profissional • Demandas sociais e problemas reais
• Diálogo entre tradição e modernidade • Saber ouvir e ter o que falar

Cultura Ethos
• Interpretação e instrumentalização • Cotidiano, convivência
• Interesses econômicos, políticos e ideológicos • Atitudes, dramas, cicatrizes e amadurecimento
• Arsenal mental e critério de juízo • Virtudes, defeitos e vícios
• Modelos, planejamento e ordem • Liberdade e veracidade

Política Religião
• Participação democrática • Ortodoxia e ortopráxis
• Mudar a forma de ver o mundo e a si mesmo • Resgate da metafísica
• Melhorar o entorno e as estruturas • Sentimentalismo, pietismo, neorromantismo
• Repensar os modelos econômicos • Compreensão da doutrina da Revelação
A identidade cristã enriquece o A escuta atenta supõe uma linguagem
diálogo, pois quanto mais cristão se é, não verbal que transmite carinho a
mais aberto está aos outros quem fala

A persuasão nasce da interiorização A firmeza de convicções é humilde


da doutrina, superando as quando disposta a aprender
controvérsias artificialmente — a segurança não causa rechaço
propostas pela opinião pública quando é sincera, não impositiva
OBRIGADO!

@narajr