Vous êtes sur la page 1sur 26

SUMÁRIO

 ARDUINO OU PI (RASPBERRY) ?
 ALTERNATIVAS
 INTRODUÇÃO AO ARDUINO
 IDE
• INSTALANDO
• UTILIZANDO
• ADICIONANDO UMA NOVA BIBLIOTECA
 GUIA DE PROGRAMAÇÃO 1
ARDUINO OU PI (RASPBERRY) ?
• Definição básica do arduino • Definição básica do PI
O Arduino é uma plataforma de prototipagem eletrônica O Raspberry Pi é um computador de uso geral pouco
de hardware livre microcontrolado, ou seja, ela usa um maior que um cartão de crédito, em vez de usar o
circuito integrado microcontrolador Atmel AVR. plataforma Windows como em nossos computadores
pessoais, ele normalmente usa o sistema operacional
Ele pode ser comparado a um minicomputador que é feito
Linux.
para executar funções simples. O Arduino também é fácil
de ser programado e de ser usado. Na verdade ele foi Mas atualmente o Windows tem investido nesta
justamente desenvolvido para ser utilizado por pessoas super plataforma e já existe uma versão especial
leigas em programação e em eletrônica. para o PI.
Ou seja, o Arduino foi desenvolvido para ser uma
plataforma de baixo custo e acessível a todos.
ARDUINO OU PI (RASPBERRY) ?
• Foto
ARDUINO OU PI (RASPBERRY) ?
Conclusão:
Será mais adequado usar Raspberry nas Será mais adequado usar Arduino nas
seguintes condições: seguintes condições:
.Custo
. Conectividade à internet ou a uma rede Um Arduino é mais barato que um Raspberry
. Tempo de iniciação
. Necessidade de uma tela grande O Arduino não precisa aguarda iniciação de um sistema operacional
.Confiabilidade
. Necessidade de conectar um teclado e mouse
O Arduino é bem mais resistente e não sofre de
. Necessidade de periféricos USB como uma webcam overhead(processamento em excesso)
.Consumo de energia
Obs.: com algum esforço e gasto é possível expandir o Arduino com O Arduino consome cerca de 1/10 da energia em comparação com
Shields para atender os requisitos acima, porém poderá ser mais um Raspberry e caso de alimentação de bataria é melhor usar
Arduino
complicado e gerar um gasto maior.
. Corrente de saída do GPIO
A corrente de GPIO de um Raspberry é no máximo 16 mA e já no
Arduino é 40 mA
ALTERNATIVAS ?
Ao longo dos anos, o mercado produziu uma série de outros dispositivos. Isso
ocorreu devido o código-fonte aberto do Arduino, permitindo o surgimento de
novos projetos. Abaixo podemos ver um gráfico de custo x poder de
processamento.
ALTERNATIVAS ?
ALTERNATIVAS ?
INTRODUÇÃO AO ARDUINO ?

• Arduino é uma plataforma de código aberto (hardware e software) criada


em 2005 pelo italiano Massimo Banzi (e outros colaboradores) para auxiliar
no ensino de eletrônica para estudantes de design e artistas. O objetivo
principal foi o de criar uma plataforma de baixo custo, para que os
estudantes pudessem desenvolver seus protótipos com o menor custo possível.
Outro ponto interessante do projeto, foi a proposta de criar uma plataforma
de código aberto, disponível para a comunidade o que ajudou em muito no
seu desenvolvimento.
INTRODUÇÃO AO ARDUINO ?
Microcontrolador: Botão de Reset:

O cérebro do Arduino. Um computador inteiro dentro de um pequeno chip. Botão que reinicia a placa Arduino.
Este é o dispositivo programável que roda o código que enviamos à placa.
Conversor Serial-USB e LEDs TX/RX:
No mercado existem várias opções de marcas e modelos de
microcontroladores. A Arduino optou pelo uso dos chips da ATmel, a linha Para que o computador e o microcontrolador conversem, é necessário que
ATmega. O Arduino UNO usa o microcontrolador ATmega328. exista um chip que traduza as informações vindas de um para o outro. Os
LEDs TX e RX acendem quando o Arduino está transmitindo e recebendo
Conector USB:
dados pela porta serial respectivamente.
Conecta o Arduino ao computador. É por onde o computador e o Arduino se
Conector de Alimentação:
comunicam com o auxílio de um cabo USB, além de ser uma opção de
alimentação da placa. Responsável por receber a energia de alimentação externa, que pode
ter uma tensão de no mínimo 7 Volts e no máximo 20 Volts e uma
Pinos de Entrada e Saída:
corrente mínima de 300mA. Recomendamos 9V, com um pino redondo de
Pinos que podem ser programados para agirem como entradas ou saídas 2,1mm e centro positivo. Caso a placa também esteja sendo alimentada
fazendo com que o Arduino interaja com o meio externo. O Arduino UNO pelo cabo USB, ele dará preferência à fonte externa automaticamente.
possui 14 portas digitais (I/O), 6 pinos de entrada analógica e 6 saídas
LED de Alimentação:
analógicas (PWM).
Indica se a placa está energizada.
Pinos de Alimentação:
LED Interno:
Fornecem diversos valores de tensão que podem ser utilizados para
energizar os componentes do seu projeto. Devem ser usados com cuidado, LED conectado ao pino digital 13.
para que não sejam forçados a fornecer valores de corrente superiores ao
suportado pela placa.
ALTERNATIVAS ?
INSTALANDO E UTILIZANDO A IDE ?
• Para abaixar a IDE
1) Acesse
2) Vá em software
3) Escolha o sistema operacional do pc e versão 32 ou 64 bits
4) Click em Just download
INSTALANDO E UTILIZANDO A IDE ?
INSTALANDO E UTILIZANDO A IDE ?
INSTALANDO E UTILIZANDO A IDE ?
INSTALANDO E UTILIZANDO A IDE ?
• Para utilizar a IDE
1) menu
INSTALANDO E UTILIZANDO A IDE ?
• Para utilizar a IDE
2) Selecionando a sua placa
INSTALANDO E UTILIZANDO A IDE ?
• Para utilizar a IDE
3) Selecionando a porta seria
INSTALANDO E UTILIZANDO A IDE ?
• Para adicionar uma biblioteca no arduino
GUIA DE PROGRAMAÇÃO ?
• Bibliotecas:
Quando se cria um código/programa usando uma linguagem de programação, neste caso C/C++, existe a
possibilidade de usar um conjunto de funções pré-criadas por outros programadores que já resolvem determinados
problemas, ou seja, não é necessário inventar a roda se ela já foi inventada, poupando imenso trabalho.
A esse conjunto de funções damos o nome de bibliotecas, do inglês, library.
GUIA DE PROGRAMAÇÃO ?
• Variáveis: double - consegue guardar valores de -1.7 x 10^-308 até
+1.7 x 10^+308 com até 10 dígitos de precisão.
O que é ? char - consegue guardar letras, números e símbolos: 'a', 'b',
Uma variável é uma forma de dar um nome e guardar um valor 'H', '^', '*','1','0'.
para usar ao longo do programa. sting - consegue guardar conjuntos de letras, números e
Antes de serem utilizadas, as variáveis devem ser declaradas. símbolos: 'a', 'b', 'H', '^', '*','1','0‘
Declarar uma variável significa definir o seu tipo, e opcionalmente, NOTA: no caso da string esta é um conjunto de carateres por
configurar um valor inicial (iniciar a variável). As variáveis não isso inicia-se com sendo do tipo "char" mas no nome da
precisam ser iniciadas quando são declaradas. variável, entre parêntesis rectos coloca-se o número de
Exemplo: carateres que serão colocados no seu interior, essa informação
é colocada dentro de aspas duplas.
int variavel1; // declarar variável
int variavel2 = 0; // iniciar variável
Tipos de Variáveis

 int - consegue guardar valores de -32767 até 32767 (apenas


números inteiros).

 float - consegue guardar valores de -3.4 x 10^-38 até +3.4 x


10^+38 com até 6 dígitos de precisão.
GUIA DE PROGRAMAÇÃO ?
Quando se cria um código/programa usando uma linguagem de programação, neste caso C/C++, existe a
possibilidade de usar um conjunto de funções pré-criadas por outros programadores que já resolvem determinados
problemas, ou seja, não é necessário inventar a roda se ela já foi inventada, poupando imenso trabalho.
A esse conjunto de funções damos o nome de bibliotecas, do inglês, library.
GUIA DE PROGRAMAÇÃO ?
• Funções
As funções são usadas para criar pequenos pedaços de códigos separados do programa principal. No caso do arduino
estas são colocadas fora do void loop().
GUIA DE PROGRAMAÇÃO ?
• void setup()
O "void setup ()" é normalmente usado para inicializar variáveis , modos de pinos , definição a velocidade de
transmissão serial, etc.

 Os comando que estiverem contidos nele será executado apenas uma vez.
GUIA DE PROGRAMAÇÃO ?
• void loop()
O "void loop ()" é a parte do código em que se faz um loop, ou seja, cria-se um ciclo de repetição para que as instruções dentro do
mesmo sejam repetidas.
FIM