Vous êtes sur la page 1sur 39

TECNOLOGIA E

OPERAÇÃO MECÂNICA
SUMÁRIO
• FERRO FUNDIDO;
• TIPOS DE FERRO FUNDIDO;
• NORMAS TECNICAS DO AÇO E FERRO
FUNDIDO;
• SIDERURGIA.
FERRO FUNDIDO
Os ferros fundidos são ligas de ferro e
carbono com teores elevados de silício
e também são fabricados a partir do
ferrogusa. Só que nesse irmão do aço,
o carbono está presente com teores
entre 2 e 4,5%.
A transformação do Gusa em Ferro
Fundido acontece em dois tipos de
fornos: o forno elétrico e o forno cubilô.
O forno cubilô: trabalha com ferro-
gusa, sucata de aço, calcário (para
separar as impurezas) e coque, como
combustível. Ele funciona sob o
princípio da contracorrente (como o
alto-forno), ou seja, a carga metálica e
o coque descem e os gases sobem.
Para começar, coloca-se um pouco de
madeira e o coque no fundo e ateia-se
fogo. Quando o fogo atravessa toda a
camada de coque e madeira, liga-se o
sopro de ar. Nesse momento, é
iniciada a carga: em camadas, são
colocadas quantidades prédeterminadas
de ferro-gusa, sucata, coque e
fundente (calcário).
• O forno a arco elétrico: é constituído de uma
carcaça de aço feita de chapas grossas
soldadas ou rebitadas, de modo a formar um
recipiente cilíndrico com fundo abaulado.
• forno de indução: que também processa
sucata. O conjunto que compõe esse forno é
formado de um gerador com motor de
acionamento, uma bateria de condensadores e
uma câmara de aquecimento. Essa câmara é
basculante e tem, na parte externa, a bobina de
indução. O cadinho é feito de massa refratária
socada dentro dessa câmara, onde a sucata se
funde por meio de calor produzido dentro da
própria carga.
Exercícios

1. Assinale com um X a alternativa correta das questões a


seguir:

a) Os ferros fundidos são ligas de:


1. ( ) silício e carbono;
2. ( ) ferro e tungstênio;
3. ( ) carbono e tungstênio;
4. ( ) ferro e carbono.

b) A porcentagem de carbono no ferro fundido gira em torno de:


1. ( ) 2 e 4%;
2. ( ) 2,5 e 4,5%;
3. ( ) 2 e 4,5%;
4. ( ) 2,5 e 5%.
c) Quando a porcentagem de carbono é alta na composição
do ferro fundido, ele se torna:
1. ( ) mais frágil;
2. ( ) macio;
3. ( ) laminável;
4. ( ) forjável.

2. Responda às seguintes perguntas:

a) Quais os processos usados para transformar o gusa em


ferro fundido?

b) Dos materiais usados como carga no forno cubilô, qual


serve para separar impurezas e qual serve como combustível?
c) Qual é a desvantagem do forno cubilô?

d) Qual o tipo de forno usado quando se deseja


obter um ferro fundido de melhor qualidade?
TIPOS DE FERRO FUNDIDO
O ferro fundido é o que chamamos de
uma liga ternária. Isso quer dizer que ele
é composto de três elementos: ferro,
carbono (2 a 4,5%) e silício (1 a 3%).
Dependendo da quantidade de cada
elemento e da maneira como o material é
resfriado ou tratado termicamente, o ferro
fundido será cinzento, branco, maleável
ou nodular.
O que determina a classificação em
cinzento ou branco é a aparência da
fratura do material depois que ele
resfriou. E essa aparência, por sua
vez, é determinada pela forma como o
carbono se apresenta depois que a
massa metálica solidifica. E ele se
apresenta sob duas formas: como
cementita ou como grafita.
• Cementita: temperaturas elevadas entre
815º e 870º

• Grafita: temperaturas elevadas entre 900º


e 1000º
• ferro fundido cinzento, o carbono se
apresenta sob a forma de grafita, em flocos ou
lâminas, que dá a cor acinzentada ao material.
Os ferros fundidos cinzentos apresentam boa
usinabilidade e grande capacidade de
amortecer vibrações. Por causa dessas
características, são empregados nas indústrias
automobilística, de equipamentos agrícolas e
de máquinas e, na mecânica pesada, na
fabricação de blocos e cabeçotes de motor,
carcaças e platôs de embreagem, suportes,
barras e barramentos para máquinas
industriais.
• O ferro fundido branco é formado no
processo de solidificação, quando não ocorre a
formação da grafita e todo o carbono fica na
forma de carboneto de ferro (ou cementita).Por
causa da elevada dureza, os ferros fundidos
brancos são frágeis, embora tenham uma
grande resistência à compressão, ao desgaste
e à abrasão. Essa resistência e dureza se
mantêm mesmo em temperaturas elevadas.
Por isso, esse tipo de material ferroso é
empregado em equipamentos de manuseio de
terra, mineração e moagem, rodas de vagões
e revestimentos de moinhos.
• O ferro fundido maleável é um material
que reúne as vantagens do aço e as do
ferro fundido cinzento. Assim, ele tem, ao
mesmo tempo, alta resistência mecânica
e alta fluidez no estado líquido, o que
permite a produção de peças complexas e
finas. O ferro fundido maleável é
produzido a partir de um ferro fundido
branco submetido a um tratamento
térmico, por várias horas, que torna as
peças fabricadas com esse material mais
resistentes ao choque e às deformações.
• ferro fundido nodular, é obtido com a adição
de elementos, como o magnésio, na massa
metálica ainda líquida. Com o auxílio de
tratamentos térmicos adequados, esse material
pode apresentar propriedades mecânicas, como
a ductilidade, a tenacidade, a usinabilidade e as
resistências mecânica e à corrosão, melhores
do que as de alguns aços-carbono. suas
aplicações. Mancais, virabrequins, cubos de
roda, caixas de diferencial, peças de sistema de
transmissão de automóveis, caminhões e
tratores são produtos fabricados com o ferro
fundido nodular.
Exercícios
3. Preencha as lacunas:

a) O ferro fundido é composto de três


elementos: ..................., ........................... e...................... Portanto, ele
é considerado uma liga ..............................

b) Dependendo da quantidade de cada elemento e da maneira como o


material é resfriado e tratado termicamente,
o ferro fundido pode
ser .............................., ....................... , ..............................
ou ..................

c) O que determina a classificação do ferro fundido em cinzento ou


branco é ................................... do material depois de resfriado.

d) A cor do ferro fundido cinzento é devida ao carbono que se apresenta


na forma de ............................... Ou ...........................
e) Durante o processo de solidificação, quando não ocorre a
formação de ........................... e todo o carbono fica na forma
de carboneto de ferro ou ....................., forma-se o ferro
fundido ............................

f) O ferro fundido ..............................., é um material que


reúne algumas das vantagens do .............................. e do
ferro fundido cinzento.

g) As peças fabricadas com ferro fundido maleável são mais


resistentes ao ....................... e às..........................

h) O ferro fundido maleável de núcleo ............................ é


indicado para a fabricação de barras de torção e corpos de
mancais.
4. Resolva as seguintes questões:
a) O ferro fundido, utilizado na fabricação de peças que não
sofrerão grandes esforços, é produzido no forno cubilô. Diga
por quê.

b) Cite algumas características que justifiquem o uso do ferro


fundido cinzento nas indústrias automobilística, de
equipamentos agrícolas e de máquinas industriais.

c) Descreva algumas qualidades do ferro fundido branco e


onde ele é empregado.

d) Quais as vantagens do uso do ferro fundido maleável?

e) Como se transforma gusa em ferro fundido e onde


acontece essa transformação?
5. Relacione a coluna A com a coluna B:

Coluna A Coluna B
a) ( ) Ferro fundido cinzento.
b) ( ) Ferro fundido branco.
c) ( ) Ferro fundido maleável.
d) ( ) Ferro fundido nodular.

1. Suportes de molas; conexões para tubulações


hidráulicas.
2. Equipamentos de manuseio de terra e para mineração.
3. Amortecer vibrações.
4. Substitui alguns tipos de aço e os ferros fundidos
maleáveis.
NORMAS TECNICAS DO AÇO E
FERRO FUNDIDO
• AÇO: Esse tipo de informação é
padronizado pelo norma da ABNT
(Associação Brasileira de Normas
Técnicas) NBR 6006.
Em função da composição química, os aços
são classificados por meio de um número,
de quatro ou cinco dígitos, no qual cada
dígito tem a função de indicar uma coisa.
Os dois primeiros dígitos indicam o grupo ao qual o
aço pertence. Isso está relacionado com a
presença de elementos de liga como o manganês,
o fósforo e o enxofre. Isso quer dizer que:
• aços 10XX contêm até 1,00% de manganês;
• aços 11XX contêm enxofre (aços de fácil
usinagem);
• aços 12XX contêm enxofre e fósforo (aços de
fácil usinagem);
• aços 13XX contêm 1,75% de manganês;
• aços 14XX contêm nióbio;
• aços 15XX contêm entre 1,00 e 1,65% de
manganês.
Os dois últimos dígitos indicam a
porcentagem de carbono presente no
aço. Isso quer dizer que o número
1020, que demos como exemplo, é um
aço-carbono, com até 1% de
manganês e 0,20% de carbono. Um
número 1410 indica, então, que se
trata de um açocarbono, com adição
de nióbio e de 0,10% de carbono.
Os aços-liga também são identificados
por um número de quatro dígitos: os
dois primeiros indicam os elementos de
liga predominantes nos aços. Por
exemplo: 23 indica ligas com níquel, 31
indica ligas de níquel e cromo, e assim
por diante. Os dois últimos dígitos
indicam a porcentagem do teor de
carbono.
• Exercícios
1. Identifique os aços cuja designação
normalizada pela ABNT apresentamos a seguir.
Escreva o tipo do aço a que pertence e seu teor
de carbono.

• a) 1045 ..................................................................................
• b) 1541 ...................................................................................
• c) 1330 ..................................................................................
• FERRO FUNDIDO: a norma para o ferro
fundido apresenta números que se
referem a dados correspondentes a suas
propriedades: resistência à tração, e ao
alongamento e limite de escoamento.
Esses números foram obtidos a partir de
ensaios ou testes feitos com instrumentos
especiais.
os ferros fundidos cinzentos: são
classificados pela norma NBR 6589, de
acordo com seus limites de resistência à
tração. A classificação é codificada por duas
letras e um número de três dígitos: FC-XXX.
Nela, as letras FC indicam o ferro cinzento e
o número indica a resistência à tração em
MPa.
Por exemplo: um ferro fundido FC-200 é um
ferro fundido cinzento, com 200 MPa (20
kgf/mm2) de resistência à tração.
O ferro fundido nodular: é designado por um
conjunto de duas letras e um número de cinco
dígitos, no qual os três primeiros algarismos
indicam a resistência à tração em MPa e os
dois últimos, a porcentagem de alongamento.
Segundo a norma NBR 6916, o ferro fundido
nodular é classificado nos seguintes tipos: FE
38017, FE 42012, FE 50007, FE 60003, FE
70002, FE 80002. Isso significa que, um ferro
fundido FE 50007 é um ferro fundido nodular,
com 500 MPa de resistência à tração e com
7,0% de alongamento mínimo.
O ferro fundido maleável de núcleo preto: é
normalizado pela NBR 6590. Sua designação é
composta por três letras e cinco dígitos, dos quais
os três primeiros indicam a resistência à tração em
MPa é a abreviatura de mega pascal, que é um
múltiplo da unidade pascal (Pa). Assim, 10 MPa
equivalem a 1kgf/mm2. MPa e, os dois últimos,
indicam a porcentagem de alongamento: FMP
30006, FMP 35012, FMP 45007, FMP 50005,
Assim, um ferro fundido FMP 55005, é um ferro
fundido maleável de núcleo preto com 550 de
limite de resistência à tração e 5% de
porcentagem mínima de alongamento.
Os ferros fundidos maleáveis de núcleo
branco: são normalizados pela NBR 6914 e
são designados por um conjunto de quatro
letras e cinco dígitos, seguindo o mesmo
critério dos ferros fundidos maleáveis de
núcleo preto: FMBS 38012.
• 3. Relacione uma coluna com a outra, de acordo com o
tipo de ferro fundido:
• Coluna A Coluna B
• a) ( ) Ferro fundido cinzento
• b) ( ) Ferro fundido maleável preto
• c) ( ) Ferro fundido maleável branco soldável
• d) ( ) Ferro fundido nodular

• 1. FMBS
• 2. FC
• 3. FMP
• 4. FE
• 4. Responda: qual o limite de resistência à
tração dos seguintes tipos de ferros fundidos:

• 1. FE 55006........................................
• 2. FMP 55005....................................
• 3. FC 250...........................................
• 4. FMBS 38012 .................................
SIDERURGIA
• o Brasil faz parte desse “seleto clube”
dos produtores de aço. Nós não
estamos mal. O setor siderúrgico
brasileiro compõe-se de 36 empresas
produtoras de aço
• IMPACTOS NO AMBIENTE:
acontecem nas várias fases do
processo, desde o transporte,
manuseio e preparação da matéria-
prima, passando por sua
transformação em produtos finais, até
a destinação que se dá aos diversos
resíduos que resultam dessas várias
etapas de produção.
• Nesse imenso complexo industrial, a poluição
está por toda a parte, em todas as etapas do
processo e envolve poluição do ar, da água e
do solo. A poluição do ar acontece no
beneficiamento do minério (sinterização), na
coqueria, no alto-forno e, em menor escala,
nas áreas de fabricação de produtos semi-
acabados, em função dos combustíveis e do
processo de queima nos fornos. Os poluentes
emitidos estão na forma de material em
pequenas partículas (pó) e na forma de gases,
como óxido de nitrogênio, óxido de enxofre e
monóxido de carbono.
Para o controle de emissão de partículas,
usam-se lavadores, filtros e
precipitadores eletrostáticos, que retêm
as partículas de poeira por meio de um
campo magnético criado por corrente
elétrica. Pilhas de matérias-primas
deixadas em locais abertos são
umedecidas com água industrial, para
evitar que os resíduos sejam espalhados
pelo vento.
A água é necessária e extensivamente
usada em uma usina siderúrgica. Basta
dizer que são necessários até 250 m3 de
água para a produção de uma tonelada de
aço. Os efluentes hídricos, ou seja, a água
que resulta dos processos siderúrgicos
apresentam sólidos em suspensão, óleos,
graxas, fenóis, sulfetos e cianetos. Esses
vários tipos de agentes poluidores são
gerados em função do processo e das
etapas de produção
Como a água é tão necessária como o
minério, o coque e os elementos de
liga, uma usina siderúrgica apresenta
altos índices de recirculação da água,
ou seja, a água é reaproveitada e, para
isso, precisa ser tratada.