Vous êtes sur la page 1sur 35

MOVIMENTAÇÃO E

ARMAZENAGEM

DOCENTE: EDUARDO MANGABEIRA


MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

EVOLUÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS

Desde o início dos tempos, o homem vem tentando


resolver o problema de transportar os materiais de que
serve para sua existência. Através dos anos ele aprendeu
a aplicar os princípios da alavanca, da roda, das polias e
do plano inclinado para tornar seu trabalho de movimentar
mais fácil.
EVOLUÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO DE
MATERIAIS

• Provavelmente, os primeiros registros de atividades da


Movimentação de Materiais estão baseados nos murais
do Antigo Egito, os quais registram o movimento de
pesados blocos de pedra e estátuas.
EVOLUÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO DE
MATERIAIS

• Com a Revolução Industrial e o crescimento dos sistema


de manufatura, o homem continuou a desenvolver
equipamentos de movimentação para a realização de
trabalhos onde a força humana e animal eram
insuficientes em capacidade e velocidade.
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

A Movimentação de Materiais é vista em qualquer lugar,


mas frequentemente depende de pequenos esforços e
possui aparência insignificante.
Em muitos casos, e principalmente em indústrias, a
atenção se concentra na máquina que executa a operação.
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS

É uma operação ou conjunto de operações que envolve a


mudança de posição de coisas para qualquer
processamento ou serviço, e/ou sua armazenagem interna
ou externamente numa mesma unidade fabril.
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

ALGUNS EQUIPAMENTOS DE MOVIMENTAÇÃO

Transpaletes
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

Empilhadeira
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

Rebocador
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

AS CINCO GERAÇÕES DA MOVIMENTAÇÃO DE


MATERIAIS

1° Geração: até o fim do século XIX (Manual)

 Homens e animais movimentando materiais com seu


próprio esforço.
1º GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO (MANUAL)

A Movimentação de Materiais de primeira geração envolve,


movimentar, estocar, controlar e proteger os materiais
manualmente.
Embora muitas pessoas discutam que vivemos numa “era
de automação” a Movimentação de Materiais de primeira
geração é mais um padrão do que exceção.
1º GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO (MANUAL)

EXEMPLOS DE MOVIMENTAÇÃO DE 1° GERAÇÃO

 Utilização de contentores;
 Utilização de cartões Kanban para realizar o controle de
material.
1º GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO (MANUAL)

Durante o final da década de 1980 e início da década de


1990, devido ao sucesso dos Just-in-Time, Os defensores
do JIT discutiram que a utilização de “puxadores humanos
de contentores” era mais flexível do que as demais
tecnologias de Movimentação de Materiais, e a
comunicação de contato cara a cara auxiliava e reduzia os
“problemas de processo a processo”.
2º GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO

2° Geração: dos anos 1900 até 1950 (Mecanizada)

 Homens movendo materiais utilizando equipamentos


para reduzir o esforço. Ex: uso de empilhadeira,
guindastes.
A movimentação mecanizada amplia a capacidade
humana em termos de peso elevado e transportado,
velocidade, precisão, altura de alcance e esforço.
2º GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO

Tendo considerado os aspectos positivos dos métodos da


segunda geração, é importante notar os aspectos
negativos da movimentação mecanizada:

 Investimento de capital;
 Custos de manutenção;
 Obsolescência tecnológica.
3° GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO
(AUTOMÁTICA)

3° Geração: dos anos 1950 até 1980 (Automática)

 Homens movimentando (controles) materiais


automaticamente entre processos. Ex: ligar veículos
automaticamente.
3° GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO
(AUTOMÁTICA)

• Um desenvolvimento promissor nos sistemas de


controle para armazéns que começou em 1980 é a
utilização da programação orientada ao objeto. Com
muita frequência, ocorre uma desconexão entre o
projeto de um sistema de armazenagem e o sistema de
controle que é produzido.
4º GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO
(INTEGRADA)

4° Geração: dos anos 1980 até.... (Integrada)

 Materiais em movimento automático entre processos


automáticos.
4º GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO
(INTEGRADA)

• Durante o final da década de 1970 e início de 1980, à


medida que a automação foi aplicada cada vez mais às
operações de manufatura e distribuição, tornou-se
aparente que as “ilhas de automação” precisavam ser
integradas.
4º GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO
(INTEGRADA)

• A quarta geração não está totalmente amadurecida, pois


para que a ampla integração dos sistema ocorra, os
componentes individuais precisarão “perder suas
identidades” ao invés de sistemas de controles
separados para distribuição e manufatura, um único
sistema de controle existiria num sistema integrado.
5º GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO
(INTELIGENTE)

5° Geração: a partir dos anos 1990.... (Inteligente)

 Encontra-se apenas no estágio embrionário, quando


comparada com as outras gerações.
5º GERAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO
(INTELIGENTE)

• Ao tratar o assunto da movimentação inteligente


devemos distinguir a inteligência artificial (ou máquina)
da inteligência natural (ou humana).

• Sistemas especiais estão sendo utilizados pelos


veículos guiados automaticamente e monotrilhos
inteligentes para tomar decisões on-line de roteirização.
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

OBJETIVO DA MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS

Transportar e estocar os materiais do início ao término do


processo, sem retrocesso e com um mínimo de
transferências, e entregá-los nos locais apropriados de
trabalho ou centros de produção, de modo a evitar, atrasos
e manuseios desnecessários.
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

BENEFÍCIOS DE UMA MELHOR MOVIMENTAÇÃO DE


MATERIAIS

 Aumento da capacidade produtiva;


 Otimização no layout para reduzir distâncias e perda de
espaço;
 Redução das perdas decorrentes de movimentação
inadequadas;
 Torna o trabalho mais seguro;
 Aumento da eficiência do recebimento e expedição.
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

MANUSEIO: arranjo físico no posto de trabalho ou células,


posição do operador, de ferramentas e materiais. Vencer
distâncias em (cm) centímetros.

MOVIMENTAÇÃO: arranjo físico da fábrica. Vencer


distâncias em (m) metros.

TRANSPORTE: localização de fábricas e armazéns.


Vencer distâncias em (Km) quilômetros.
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

ARMAZENAGEM

É toda atividade de um local destinado à guarda


temporária e à distribuição de materiais (almoxarifados,
centros de distribuição).
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

RELAÇÃO ENTRE MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

MOVIMENTAÇÃO FLUXO
(Dinâmico)

ARMAZENAGEM ESTOQUE
(Estático)
MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

ESTOCAGEM

É uma das atividades do fluxo de materiais no armazém e


o local destinado à locação estática dos materiais, diz
respeito à guarda segura e ordenada de todos os materiais
no armazém.
A ARMAZENAGEM E SUA IMPORTÂNCIA NO
SISTEMA LOGÍSTICO

Os fatores que mostram a necessidade da


armazenagem são:

1. Necessidade de compensação das diferentes


capacidades das fases de produção:
 Necessidade da aplicação de técnicas de produção mais
aperfeiçoadas para obtenção de produção em número
mais elevado, como é o caso da produção em série.
A ARMAZENAGEM E SUA IMPORTÂNCIA NO
SISTEMA LOGÍSTICO

 Necessidade de manter previamente uma reserva


mínima na produção.

2. Equilíbrio Sazonal

 Periodicidade das colheitas e do cultivo dos produtos


alimentícios;
 Nos efeitos da moda, quanto à determinação dos artigos
próprios da estação respectiva, no caso da indústria
têxtil.
A ARMAZENAGEM E SUA IMPORTÂNCIA NO
SISTEMA LOGÍSTICO

3. Garantia de continuidade da produção (é essencial


regular a montagem dos produtos)

 Em períodos de aumento da produção, pois os prejuízos


por quebra de ritmo são muito elevados;
 Em caso de insegurança de fornecimento das matérias
primas de origem internacional.
A ARMAZENAGEM E SUA IMPORTÂNCIA NO
SISTEMA LOGÍSTICO

4. Custos e especulação (convém aguardar uma


oportunidade de obtenção de ganhos ou de
estabilização do mercado)

 Sempre que a aquisição de maiores quantidades se


revele mais econômica;
 Quando os preços das mercadorias armazenadas se
encontram sujeitos a oscilações no mercado mundial.
FUNÇÕES BÁSICAS DE UM ARMAZÉM

AS QUATRO FUNÇÕES BÁSICAS DE UM ARMAZÉM

1. Receber

 Itens comprados;
 Produtos acabados de terceiros;
 Devoluções de clientes.
FUNÇÕES BÁSICAS DE UM ARMAZÉM

2. Estocar

 Movimentar os materiais para o local do estoque;


 Localização e controle dos materiais no estoque.

3. Separar

 Separação de matéria prima;


 Separação de material em processo;
 Separação de produtos acabados.
FUNÇÕES BÁSICAS DE UM ARMAZÉM

4. Expedir

 Expedição para clientes internos;


 Expedição externa.