Vous êtes sur la page 1sur 17

SOLDAS

1sem2010 1
Química Tecnológica
JUNÇÃO
Junção é a ligação permanente ou uma
colocação em contato de duas ou mais
peças com uma determinada forma
geométrica ou até mesmo de peças com
material sem forma definida. Em um
processo no qual a composição local é
alterada e misturada como um todo.

1sem2010 2
Química Tecnológica
1sem2010 3
Química Tecnológica
CLASSIFICAÇÃO DOS
PROCESSOS DE JUNÇÃO

1sem2010 4
Química Tecnológica
MÉTODOS DE UNIÃO
DOS METAIS
• Forças macroscópicas • Forças microscópicas
– Resistência ao – Ligações metálicas
cisalhamento – Forças de Van der
– Forças de atrito Waals

• Ex: • Ex:
– Parafusagem – Soldagem
– Rebitagem – Brasagem
– Colagem

1sem2010 5
Química Tecnológica
DEFINIÇÕES - SOLDAGEM
• “União de metais por fusão”
• “Operação que visa a união assegurando na junta a
continuidade de propriedades”
• “Processo de união localizada produzida por aquecimento,
com ou sem uso de pressão e metal de adição”
• “Processo de união de materiais baseado no
estabelecimento de forças de ligação química de natureza
similar às atuantes no interior dos próprios materiais na
região de contato entre os materiais sendo unidos”

1sem2010 6
Química Tecnológica
SOLDAGEM
• Ocorrência - aproximação das superfícies
das peças a uma distância suficientemente
curta para a criação de ligações químicas
entre os seus átomos.

1sem2010 7
Química Tecnológica
SOLDAGEM
• Obstáculos - rugosidade microscópica e
camadas de óxido, umidade, gordura,
poeira e outros contaminantes existentes
em toda superfície metálica.

1sem2010 8
Química Tecnológica
PROCESSOS DE SOLDAGEM
• Solda por pressão
– Deformar as superfícies em contato, rompendo
as camadas de contaminantes e permitindo a
sua aproximação e a formação de ligações
química. As superfícies de contato podem ser
aquecidas para facilitar a sua deformação.
Soldagens por
- ultra-som,
- fricção,
- forjamento,
- resistência elétrica,
- difusão,
- explosão,
- etc
1sem2010 9
Química Tecnológica
PROCESSOS DE SOLDAGEM
• Solda por fusão
– Aquecer localmente a região a ser soldada até a
sua fusão, destruindo, assim, as superfícies e
produzindo a solda com a solidificação do
material fundido.

Soldagens por
- Arco elétrico
- etc

1sem2010 10
Química Tecnológica
PROCESSOS DE SOLDAGEM

1sem2010 11
Química Tecnológica
IMPORTÂNCIA SOLDAGEM

• Método mais utilizado na união de metais


na forma industrial

• Em conjunto com a brasagem – importante


em micro-eletrônica até a estalagem, de
grades e portões a indústrias petrolíferas

1sem2010 12
Química Tecnológica
SOLDAGEM
VANTAGENS DESVANTAGENS

• Juntas de integridade e • Não pode ser desmontada


eficiência elevadas • Pode afetar microestrutura e
propriedades das partes
• Grande variedade de processos
• Pode causar distorções e tensões
• Aplicável a diversos materiais
residuais
• Operação manual ou automática • Requer considerável habilidade
• Pode ser altamente portátil do operador
• Juntas podem ser isentas de • Pode exigir operações auxiliares
vazamentos de elevado custo e duração (ex.:
• Custo, em geral, razoável tratamentos térmicos)
• Estrutura resultante é monolítica e
• Junta não apresenta problemas
pode ser sensível a falha total
de perda de aperto.

1sem2010 13
Química Tecnológica
OUTRAS DEFINIÇÕES
• Zona de soldagem : região limitada, na qual o material
durante o processo de soldagem passou por um estado de
fundido ou de deformação plástica facilitada.

• Material de adição : Material adicionado na zona de


soldagem ou entre a área de contato das peças a serem
soldadas, formando junto com o material de base o cordão
de solda.

• Soldagem significa e uma ligação permanente, a qual não


pode ser dissolvida por um meio não destrutivo.

1sem2010 14
Química Tecnológica
SOLDABILIDADE
• “A capacidade de um material ser soldado nas
condições de fabricação impostas por uma
estrutura específica projetada de forma
adequada e de se comportar adequadamente
em serviço”
American Welding Society (AWS)
• OU

• “A facilidade relativa com que uma solda


satisfatória, que resulte em uma junta similar ao
metal sendo soldado, pode ser produzida”
Modenesi, P. J. - 2008

1sem2010 15
Química Tecnológica
SOLDABILIDADE

1sem2010 16
Química Tecnológica
SOLDABILIDADE
AÇOS CARBONO
• Aços baixo carbono (para construção)
– Facilmente soldáveis em qualquer processo
– Sem necessidade de preparo das estruturas metálicas
• Aços médio carbono
– Uso de eletrodos específicos facultativo
– Necessidade de pré (150-260°C) e pós-aquecimento nas
peças a serem soldadas
• Aços alto carbono
– Uso de eletrodos específicos obrigatório
– Necessidade de pré-aquecimento (200-300°C)
– Necessidade de tratamento térmico após soldagem

1sem2010 17
Química Tecnológica