Vous êtes sur la page 1sur 39

Análise de Circuito CA

Prof. Adhemar
Análise de Circuitos em CA
• Condições para a Análise de Circuitos em CA.
• As condições iniciais e os transitórios serão
ignorados, pois tais fenômenos eventualmente
desaparecerão por completo nos circuitos
considerados.
• Esse procedimento é chamado de análise em
regime permanente (ou estado estacionário) de
circuitos AC.
• É necessário entender bem a natureza da função
senoidal.
Função senoidal
• A função senoidal é a forma de onda
dominante nos sistemas de energia elétrica.
• O sinal disponível para alimentação de
equipamentos residenciais, de escritórios,
laboratórios etc. é senoidal.
Função Senoidal
• Além disso, através da análise de Fourier,
mostra-se que qualquer sinal periódico pode
ser representado como a soma de senóides.

Para alegria de todo engenheiro


Sinal elétrico alternado

Forma de onda alternada.


Características
• É um sinal elétrico
• Varia no tempo
• Assume uma série de valores positivos, zeros e
negativos
• Onda de tensão alternada, muda sua
polaridade
• Onda de corrente alternada, muda sua direção
Onda senoidal
• A onda senoidal é mais comum e fundamental
dentre as ondas alternadas.
• Os demais tipos de ondas alternadas
(quadrada, triangular, dente de serra) podem
ser decompostas em ondas senoidais.
Fonte de tensão senoidal
• As fontes de tensões senoidais são geradas
por dois métodos
– Máquinas elétricas rotativas
– Osciladores eletrônicos
• O princípio básico de geração de energia
elétrica consiste no movimento relativo de
bobinas elétricas imersas em um campo
magnético.
Corrente elétrica alternada
• Ao ser conectada uma carga para ser
alimentada pelo gerador elétrico, estabelece-
se uma corrente elétrica alternada
Gerador Elétrico CA

Gerador elétrico CA simplificado: - uma bobina de uma


espira – um campo magnético permanente – cada
terminal da bobina é conectado a um anel coletor
condutor
Funcionamento
• À medida que a bobina gira no campo
magnético, entre os pólos Norte e Sul, o anel
coletor também gira em contato com as
escovas que conectam a bobina a uma carga
externa.
• Segundo o princípio de indução do
eletromagnetismo, quando um condutor
move-se em um campo magnético, uma
tensão é induzida nos terminais do condutor.
• A magnitude da tensão induzida depende do
número de espiras da bobina e da taxa de
variação do fluxo magnético no tempo
v

d
vind N
dt
Onda senoidal
Onda senoidal
• A onda senoidal pode ser medida em uma
base temporal ou angular
• O tempo para completar um ciclo depende da
freqüência da onda, ou seja, da velocidade
angular da máquina
• Unidade graus ou radianos.

 180o
rad  ( ) graus graus  ( )rad
180o

Radianos
Exercícios
• Converta os graus para radianos:
90o = .......... rad
30o= ...........rad

Converta de rad para graus:



 .......... ..... graus
3
3
 .......... ..... graus
2
Respostas
• Converta os graus para radianos:
90o = ./180*(90) = /2..... rad
30o= .. /180*(30) = /6....rad

Converta de rad para graus:



 .... 180 /  * ( / 3) =60o
3
3
 .180 /  * (3 *  / 2)  270
2
Velocidade angular
ângulo _ percorrido( graus _ ou _ radianos)
velocidade _ angular 
tempo( segundos)
Circuito resistivo
• Circuito elétrico resistivo alimentado por uma
fonte alternada senoidal
Circuito resistivo
• Onda senoidal de tensão e corrente
Período de uma onda
• O tempo necessário para uma onda senoidal
completar um ciclo é denominado de período
Freqüência
• A freqüência f de uma onda é o número de
ciclos que uma onda completa em um
segundo (s) 1 Hz = 1 ciclo/s
• T(s)  1 ciclo
• 1 s  f (ciclos)

1
• Então T
f
Freqüência
• Quanto mais rápido a bobina gira, maior é a
freqüência da tensão induzida.
Freqüência
• Outra forma de aumentar a freqüência é
aumentar o número de pólos magnéticos
fórmulas

v(t )  V p .sen(t  v )

i (t )  I p .sen(t  i )
v(t) e i(t) - valores instantâneos das ondas de tensão e corrente
Vp e Ip - amplitudes das ondas de tensão e corrente
w - frequência angular
 - ângulo de fase
Velocidade ou freqüência angular

2
  2. . f [rad / s ]
T
A velocidade angular multiplicada pelo “t” define o
ângulo de tempo
Como a onda senoidal é periódica, o ângulo de
tempo será sempre um múltiplo inteiro do conjunto de
ângulos compreendido no intervalo de 0 a 2 rad.
As ondas de tensão e corrente estão deslocadas ou defasadas uma em
relação a outra. Neste caso a onda v(t) é dita atrasada da onda i(t) de 90º
Quando a onda é deslocada para a direita da referência (atrasada) o
ângulo  é negativo
• Quando a onda senoidal é deslocada para a
esquerda, o ângulo de fase é positivo,
portanto adiantada v=90o
• A diferença de fase entre duas ondas
senoidais pode ser encontrada subtraindo-se
os ângulos de fase das ondas, desde que:
– Ambas as senóides tenham a mesma freqüência
– Ambas as senóides tenham a mesma forma de
onda (senoidal ou cossenoidal pois o cosseno é
adiantado 90 graus em relação ao seno)
– As amplitudes das senóides tenham o mesmo
sinal
Diferença seno e cosseno
Exemplo 1
• Determine a velocidade angular relativa a uma
forma de onda senoidal cuja freqüência é de
60 Hz
  2. . f  (2. ).(60Hz)  377rad / s

• Este é um valor muito comum, já que a


freqüência de 60 Hz é muito utilizada na
prática
Exemplo 2
• Determine a freqüência e o período da
senoide vista na figura abaixo:

22 _ rad
T   12,57ms
 500rad / s
1 1
f    79,58Hz
T 12,57ms
Exemplo 3
• Dado o valor  =200 rad/s, determine o
intervalo de tempo necessário para a forma
de onda senoidal passar no ponto
correspondente a 90o
  .t
 /2
t  7,85ms
200
Exemplo 4
• Determine o ângulo em t=5ms para uma
forma de onda senoidal de 60Hz

  .t
  2 . f .t  2 (60Hz )(5.10 )  1,885rad
3

  2 . f .t  360(60Hz )(5.10 )  108


3