Vous êtes sur la page 1sur 27

Ciências Morfofuncionais dos Sistemas

Nervoso e Cardiorrespiratório
Sistema Nervoso Central – Cérebro e Cerebelo

Prof: Antonio Carlos.


Cérebro

Troco encefálico
ENCÉFALO
Localização de todas as partes do encéfalo.
O tronco encefálico é contínuo com a medula espinhal e compreende o bulbo,
ponte e mesencéfalo. Posteriormente ao tronco encefálico está o cerebelo e
superiormente ao tronco o diencéfalo, que é compreendido pelo tálamo e
hipotálamo.
Tronco encefálico
Meninges encefálicas
1-Dura-máter: externa.

2-Aracnoidemáter: média.

3-Pia-máter: interna.
Líquido cerebrospinal OU LIQUOR
Líquido claro e incolor, composto basicamente
por água e várias outras substâncias mantendo-o
em suspensão, de forma que flutua na cavidade do
crânio.
O liquor auxilia na absorção de choque, auxiliando
na proteínas, íons, bicarbonato, fosfatos e protegendo
todos os tecidos do encéfalo e da medula espinhal contra
traumas que poderiam atingir as paredes ósseas do
canal vertebral e da cavidade do crânio.
CÉREBRO
É a maior parte do encéfalo e é ele que possibilita a capacidade de
leitura, escrita, fala, cálculos, planejamento do futuro e lembrança do passado.
Está separado pela foice do cérebro em duas partes, cada parte é
chamada de hemisfério cerebral (direito e esquerdo).
Margem externa dos hemisférios é constituída de
substância cinzenta, a região interna de substância
branca e núcleos de substância cinzenta e no interior de
substância branca.
Cada hemisfério é dividido em lobos:
Frontal, temporal, parietal e ínsula. O sulco central separa o lobo frontal do
parietal.
Giro pré-central localizado imediatamente anterior ao
sulco central – contém a área motora primária do córtex
cerebral.
Giro pós-central está localizado imediatamente posterior
ao sulco central.
Sulco lateral do cérebro separa o lobo frontal do
temporal.
Sulco parietoccipital separa o lobo parietal do lobo
occipital.
Os tratos de projeção possuem os axônios que vão
conduzir os impulsos nervosos do cérebro para outras
partes do sistema nervoso central.
NÚCLEOS DA BASE
Em cada hemisfério existem três núcleos de massas
de substância cinzenta que são chamados de núcleos da
base: globo pálido, putame e núcleo caudado.
Recebem influxo do córtex cerebral e fornecem efluxo
para as partes motoras do córtex via núcleos mediais e
núcleos ventrais do tálamo.

Uma das funções dos núcleos da base é auxiliar na


regulação do início e do término dos movimentos.
ORGANIZAÇÃO FUNCIONAL DO CÓRTEX CEREBRAL
Existem tipos específicos de sinais que são processados em determinadas
regiões do cérebro, que são as áreas sensitivas, áreas motoras e as áreas de
associação.
ÁREAS SENSITIVAS
Estas áreas recebem e interpretam os impulsos sensitivos: somatossensitiva
primária, visual primária, auditiva primária, gustatória primária e olfatória primária.
ÁREAS MOTORAS
Estas áreas vão iniciar os movimentos, tendo como as áreas mais importantes a
área motora primária e área da fala de Broca.
ÁREAS DE ASSOCIAÇÃO
São áreas que vão atuar com as funções de integração: memória,
emoções, raciocínio, julgamento, inteligência e traços de personalidade, sendo
constituídas em algumas áreas motoras e sensitivas. As áreas de associação
estão conectadas umas às outras.
Referencias
COSTANZO, LS. Fisiologia. São Paulo, Editora Elsevier, 4ª Edição, 2011.CURI, R & PROCÓPIO, J.
Fisiologia Básica. Rio de Janeiro, Editora Guanabara Koogan,2009.
FARIA, JL. Patologia Geral. Rio de Janeiro, Editora Guanabara Koogan, 4ª Edição, 2003.
FILHO, GR. Bogliolo – Patologia. Rio de Janeiro, Editora Guanabara Koogan, 8ª Edição,2011.
GRAAFF, VD. Anatomia Humana. São Paulo, Editora Manole, 6ª Edição, 2003.
JUNQUEIRA LC. & CARNEIRO, J. Histologia Básica – Texto & Atlas. Rio de Janeiro,Editora
Guanabara Koogan, 12ª Edição, 2013.
LIPPERT, Herbert. Anatomia: texto e atlas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013.
MARTINEZ, AMB; ALLODI, S. & UZIEL, D. Neuroanatomia essencial. Rio de Janeiro: Editora
Guanabara Koogan, 2014.
ROWLAND, LP. & PEDLEY, TA. MERRITT - Tratado de Neurologia. 12. ed. Rio de Janeiro:
Guanabara Koogan, 2010.
SADLER, TW. LANGMAN - Embriologia Clínica. 12. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013
SCHMIDT, AG. & PROSDÓCIMI, FC. Manual de neuroanatomia humana – Guia Prático. São
Paulo: Editora Roca, 2014.
SNELL, RS. Neuroanatomia clínica. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 7ª edição, 2010.
TORTORA, Gerard J. Princípios de anatomia humana. 10. ed. Rio de Janeiro: Guanabara
Koogan, 2011.