Vous êtes sur la page 1sur 12

Sismo e

Tsunami de
2004 na
Indonésia
Antes de mais importa saber…

• O que é um sismo?
É uma catástrofe natural. São movimentos vibratórios que ocorrem na
superfície da Terra, com origem nas rochas da litosfera e, provocados pela
libertação de energia.

• O que é um tsunami?
Quando os sismos ocorrem no fundo do oceano, podem dar origem a
ondas gigantes, os tsunamis ou maremotos. Esses são uma série de ondas
causadas pelo deslocamento de um grande volume de água.
No dia 26 de Dezembro de 2004 o mundo acordou com a noticia de uma tragédia.
Depois de um abalo de 9,3 na escala de Richter ao largo da ilha da Sumatra, na
Indonésia, três ondas gigantes irromperam pelo sudeste asiático e alteraram a
paisagem local. À medida que os dias iam passando, subia o numero de vitimas: no
final foram contabilizados 230 mil mortos (nove dos quais portugueses) e muitos
milhares de desalojados.
In Diário de Noticias

Figura 1 – Antes e depois da catástrofe natural (Sismo e Tsunami)


Enquadramento
• A Indonésia é um arquipélago de 17 mil ilhas, que está situada
numa das regiões mais propensas a tremores e atividade
vulcânica do mundo: o Círculo de Fogo do Pacífico.

Figura 2 – Arquipélago da Indonésia Figura 3 – Circulo de Fogo do Pacifico


• Acontecimento: Sismo seguido de tsunami

• Local: Ilha de Sumatra, na Indonésia

• Data: 26 de dezembro de 2004 (há 14 anos)

• Hora: 7:59 hora local (00:59UTC e 01:59 em Portugal)

• Epicentro: Costa oeste de Sumatra (3,298°N (latitude) e 95,779°O (longitude))

• Hipocentro: A 30 Km de profundidade

• Tipo: Sismo submarino do tipo tectónico

Figura 4 – Epicentro do Sismo


• Magnitude: 9,2 na escala de Ritcher

• Duração: Entre 8 e 10 minutos

• Nome pelo qual ficou conhecido: terramoto de Sumatra-Andaman

• Vitimas: 230 mil pessoas

Figura 5 – Devastação provocada pelo sismo e pelo tsunami


Causa: Ocorreu numa zona de fricção entre as placas tectónicas indo-australiana e euroasiática.
O sismo foi causado por rutura na zona de subducção onde a placa tectónica da Índia
mergulha por baixo da placa da Birmânia. A energia libertada provocou o sismo, enquanto que
a deslocação do fundo do oceano das placas tectônicas, deram origem ao tsunami.

Figura 6 – Placas Convergentes


Figura 7 – Principais zonas sísmicas mundiais
• Países afetados: Indonésia e 13 países vizinhos (Sri Lanka, Índia, Tailândia, Malásia, Ilhas
Maldivas, Myanmar, Singapura, Bangladesh, Tanzânia, Tailândia, Somália, Seicheles,
Quénia)

Figura 8 – Países afetados pelos efeitos do sismo e pelo tsunami


Efeitos: Além de toda a destruição física e das mortes provocadas, o sismo alterou em 2,5 cm a
posição do Pólo Norte; afetou a forma da Terra, tornando-a mais redonda; diminuiu ainda o
comprimento dos dias em 6,8 microssegundos, fazendo com que a Terra gire um pouco mais
rápido do que o fazia antes.
Curiosidade: Foi o terceiro maior sismo registado por um sismógrafo em todo o mundo.
Depois desta tragédia, foi instalado um sistema de alerta de tsunamis, que avisa a população da
possibilidade de ocorrência de sismos seguidos de tsunamis.

Réplicas: Nas horas e dias seguintes foram registadas numerosas réplicas. No dia 28 da Março de
2005, foi registado um sismo com magnitude de 8,7 localizado ao largo das ilhas de Sumatra. A
comunidade cientifica dividiu-se sobre se deviam ou não considerar este sismo como uma réplica
do sucedido em Dezembro do ano anterior.

Figura 9 – Foto rara e impressionante tirada na ilha de Sumatra e que mostra a


onda de 32 metros. Esta foto foi encontrada no estojo de uma câmara
abandonada. Foi de certeza a última foto daquele que a tirou.
Adaptação para a Ficção: Filme “O Impossível” de 2012. O filme baseia-se na história verídica de
uma família de 4 pessoas (pais e 2 filhos) que estavam a passar férias na ilha de Sumatra a 26 de
Dezembro de 2004 quando se deu a tragédia.
Obrigada…