Vous êtes sur la page 1sur 23

ÉTICA

MINISTERIAL
Prof. Guilherme de Figueiredo Cavalheri
APRESENTAÇÃO DO CURSO

• de 27 de Setembro a 01 de Novembro.

• Avaliação: Um relatório de leitura (5,0) e uma avaliação em sala de


aula (5,0).
APRESENTAÇÃO DO CURSO
Roteiro das aulas:

1) O que é Ética, moral e moralidade?


2) Ética, seus problemas e relação com outras áreas do conhecimento.
3) Ética cristã e sua fundamentação Bíblica
4) Questões da Ética cristã latino-americana
5) Ética ministerial: uma ética cristã aplicada à vida da igreja
6) Avaliação final e encerramento do curso
Aula 1
ÉTICA,
Moral e Moralidade
Definições iniciais

27 de Setembro de 2018
O que é Ética?

• No sentido comum, a ética é tudo o que se refere aos costumes, à moral, ao


comportamento humano.

• Geralmente, a palavra “ética” é usada com o mesmo sentido com que se usa a
palavra “moral”. Entretanto, o campo da “ética” é específico, embora esteja
diretamente ligado às questões da moral da sociedade humana.

• O sentido da expressão, como afirma Paul Lehmann, tem relação com a


expressão grega éthos, que originalmente significa “habitação” ou “estábulo”.
Da expressão se derivam outras como “estabilidade” e “segurança”.
O que é Ética?

• Na filosofia antiga vários pensadores utilizaram o termo éthos


para indicar um local ou ambiente de “segurança”. Quando o
animal está no estábulo, está seguro e protegido dos perigos
exteriores ou da ameaça do clima, como o frio extremo, por
exemplo. Isso garante a “estabilidade”, ou seja, a segurança que
proporciona a vida.

• Dessa forma, todo ser humano que agir de acordo com a “ética”,
isto é, protegido pelos limites da “ética”, está seguro, protegido
contra o mal, sem o que não viveríamos em sociedade.
O que é Ética?

• Sentido clássico:
“do ponto de vista filosófico, a ética é a reflexão sobre a vida e o
comportamento humano em sociedade, seus fundamentos e princípios
de conduta; constitui-se como ‘cimento’ da sociedade que proporciona
estabilidade e segurança indispensáveis para a vida humana. Em
síntese, a ‘ética’ é a disciplina – ou ciência, como preferem alguns -,
que se ocupa do comportamento humano e tudo que lhe diz respeito
para viver bem, em segurança, em harmonia com os demais
semelhantes e a natureza, pois envolve a vida como um todo”.
Leontino Farias dos Santos
A importância do Estudo da Ética

• A importância da Ética está em sua relação com a MORAL.

• Desde quando começou a se organizar em sociedade, o seres humanos tiveram


necessidade de criar regras que lhe permitissem orientar sua vida diante de
seus semelhantes na comunidade.

• A moral, incluindo os seus usos e costumes, é fundamental para a


sobrevivência humana, pois não conseguiríamos viver sem normas nem
valores. A todo momento estamos diante de questões sobre conceitos de
“certo” e “errado”, “bem” e “mal”, às quais temos que responder.
A importância do Estudo da Ética

• A importância da Ética está em sua relação com a MORAL.

• Desde quando começou a se organizar em sociedade, o seres


humanos tiveram necessidade de criar regras que lhe
permitissem orientar sua vida diante de seus semelhantes na
comunidade.

• A moral, incluindo os seus usos e costumes, é fundamental


para a sobrevivência humana, pois não conseguiríamos viver
sem normas nem valores. A todo momento estamos diante de
questões sobre conceitos de “certo” e “errado”, “bem” e “mal”,
às quais temos que responder.
A importância do Estudo da Ética

• São questões da Ética:

• O que é um comportamento bom e o que é um comportamento ruim?


• Quem nos obriga a realizar uma certa ação?
• Entre duas alternativas, qual o critério para se escolher uma ou outra?
• Ao tomar uma decisão, a prioridade humana dever ser o indivíduo ou a
sociedade?
A importância do Estudo da Ética

• Por isso, a Ética tem uma dimensão SOCIAL: ela cuida dos princípios
fundamentais que são válidos para todos, para a sociedade de seres morais e
tem em vista a personalidade ou o caráter de todos.

• Isso significa que a dimensão da ética é eminentemente social, pois se


preocupa com o comportamento de todos os seres humanos.

• A Ética NÃO EXISTE PARA CRIAR REGRAS. Ela apenas se preocupa em


entender e refletir sobre como as sociedades se organizam, sem querer
determinar o que se fazer.
Ética, Moral ou Moralidade?

• Para muitas pessoas, não há diferença entre Ética e Moral. Da mesma forma, o
mesmo se diz sobre a relação entre Moral e Moralidade.

• Apesar do uso comum relacionar esses termos, vamos fazer uma distinção simples:

a) Ética está relacionada aos limites nas condições para que a sociedade viva bem.
Suas balizas e normas protetoras que nos assegurem direitos e deveres. A ética
trabalha com a reflexão sobre esses limites.
b) Moral é o conjunto de normas, regras ou imperativos que são produto de uma
determinada época ou sociedade. Enquanto a Ética é a reflexão sobre esses limites,
a Moral é a aplicação deles. A Moral cria normas, diz o que as pessoas têm de
fazer em uma determinada situação pra que estejam protegidas.
Ética, Moral ou Moralidade?

• Em outras palavras: a Ética é uma reflexão sobre as ideias e valores que


regem uma sociedade, enquanto a Moral é a aplicação, o conjunto de
práticas que faz essas ideias e valores serem exercidas na sociedade.

• Moralidade: é a convenção social sobre a validade da moral. É o ato de um


indivíduo conduzir sua vida social, aceitando ou negando certos valores
morais estabelecidos, segundo o costume geral.
Ética, Moral ou Moralidade?

• Podemos dizer, então, que a moralidade tem a ver com o comportamento


humano de acordo com os costumes ou com os hábitos das pessoas em
sociedade. É a moral praticada, efetiva.

• É a maneira cotidiana de se viver as normas; é a série de atos efetivos, atos


realizados conforme a moral imperante, baseada em usos e costumes que nem
sempre estão baseados na moral de princípios, idealizada pela sociedade.
Principais problemas da Ética

Psicologia
Antropologia

ÉTICA

Filosofia
Sociologia

Teologia
Principais problemas da Ética

• Questão: Se alguém vivesse sozinho, isolado em uma ilha deserta, haveria


ética e moral?

• Ética e moral estão ligados à essência de nossos comportamentos e


relacionamentos.

• Um dos principais problemas da Ética é a VALORAÇÃO MORAL.


VALORAÇÃO MORAL

• Esse é um problema que tem a ver com o valor que


atribuímos a pessoas, coisas, fatos ou fenômenos da vida
cotidiana, num determinado tempo e lugar.

• Pro exemplo: qual valor atribuímos a um copo d’água no


deserto ou em nossa própria casa, num lugar seguro?

• O valor das pessoas, ideias e coisas se alterna de acordo


com o tempo, o lugar e a ocasião. Por não se entender bem
e adequadamente o sentido de valor é que surgem
conflitos e discrepâncias nos julgamentos das pessoas
a respeito do comportamento moral.
VALORAÇÃO MORAL

“Há um sujeito que atribui valor, há um sujeito que é valorizado e há um juízo


de valor (resultado da valoração). Como vimos, os valores variam de acordo
com o indivíduo, com a família, com a sociedade, com a nação, com o tempo e
com o lugar. A história tem mostrado que cada povo propõe uma escala de
valores de acordo com sua consciência moral e as circunstâncias da vida. Desta
forma, o problema da valoração moral consiste na procura do que realmente
podemos chamar de bem ou mal, Pode-se estabelecer um conceito
objetivamente válido do valor bondade?”

Leontino Farias dos Santos, Ética: guia de estudos, 2018.


VALORAÇÃO MORAL

• Dietrich Bonhoeffer (1906-1945) foi um pastor e teólogo


luterano alemão.

• Entre suas principais obras, está o clássico “Discipulado”,


livro que até hoje é considerado uma obra-prima da
espiritualidade cristã.

• Bonhoeffer viveu na Alemanha tomada pelo Nazismo, e fez


parte de Igreja Confessante, grupo de líderes e membros
da igreja evangélica alemã que se opôs ao nazismo, indo
contra a maioria da igreja da época.
VALORAÇÃO MORAL

• Bonhoeffer fez parte de um plano para assassinar Hitler,


por meio de um atentado à bomba. O plano ficou conhecido
como Operação Valquíria.

• O plano falhou e Bonhoeffer foi mandado para um campo


de concentração, em 1943. Em março de 1945, poucas
semanas antes do fim da guerra e do suicídio de Hitler,
Bonhoeffer é executado por enforcamento, se tornando um
Mártir cristão moderno.
VALORAÇÃO MORAL

“O silêncio diante do mal é o próprio mal”.

“Não falar é falar”.

“Não agir é agir”.

“É melhor fazer um mal do que ser mau”.