Vous êtes sur la page 1sur 44

REDE DE SISTEMAS PÚBLICOS DE ABASTECIMENTO E COMERCIALIZAÇÃO DE

ALIMENTOS DA AMÉRICA LATINA E DO CARIBE - SPAA

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES DE PREÇOS DA CONAB

Guilherme Soria Bastos Filho


Diretor Executivo da Companhia Nacional de Abastecimento
MISSÃO

A Companhia Nacional de Abastecimento – Conab


tem a missão institucional de promover a garantia
de renda ao produtor rural, a segurança
alimentar e nutricional e a regularidade do
abastecimento, gera inteligência para a
agropecuária brasileira, participando da
formulação e execução das políticas públicas.
Inteligência Agropecuária

Acompanhamento de Safra
• 17 culturas
• Visita in loco e sensoriamento remoto

Custos de Produção:
302 pacotes tecnológicos
125 da agricultura familiar
106 da agricultura empresarial
71 da socio biodiversidade

16.700 séries históricas de preços

Quadro de suprimentos (7 produtos)

Análise de Mercado
• Agricultura (16 produtos)
• Extrativismo (12 produtos)
• Hortigranjeiros (10 produtos)
• Pecuária (4 produtos)
SIAGRO

O Sistema de Informações Agrícolas e de Abastecimento


ESTRUTURA DO SISTEMA

• Mais de 100 produtos agrícolas in natura e processados;

• 6.500 itens de custos de produção pesquisados


mensalmente;

• 16.700 séries históricas de preços (6.186 inativas);

• Realizada em todo o país (27 estados);

• Equipe aproximada de 50 colaboradores.


PRODUTOS E MERCADOS

Grãos Fruticultura Horticultura Extrativismo Lácteos Diversos

•Soja •Laranja •Batata • Açaí •Leite de • Algodão


•Milho •Banana •Alho • Castanha vaca / • Carnes
•Arroz •Abacaxi •Cebola • Cacau cabra • Farinhas
... ... ... ... •Manteiga ...
...

Mercados: produtor, indústria, atacado, varejo


PREÇOS PAGOS PELO PRODUTOR

Máquinas
Sementes Serviços Agrícolas
Fertilizantes Agrotóxicos Diversos

• Terra
• Transporte
• outros
METODOLOGIA
• Pesquisa por município e em mesorregiões;
• Mínimo 3 informantes por produto/praça;
• Preço atacado/varejo/indústria: nos pontos de
comercialização definidos (fora de período de promoção);
• Preço produtor: à vista, no primeiro ponto de
comercialização;
• Análise da viabilidade;
• Cadastro de agentes colaboradores;
• Definição dos locais de coleta e parâmetros da pesquisa
para cadastramento das séries.
PREÇO AO PRODUTOR

Mesorregião
: média
simples

Estado:
média ponderada pela produção de
cada mesorregião
FLUXO OPERACIONAL
BENEFICIÁRIOS / CLIENTES

Governo

Agronegócio

Bancos

Universidades

Órgãos Internacionais

Justiça

Sociedade
Tabela de Produtos
Coleta de Preços
Coleta de Preços
Relatórios Gerenciais
Indicadores Econômicos
Juros, inflação, câmbio
Cálculo PGPAF (Preço Mercado vs
Garantia)
Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar
Relatório Custo de Produção
Site
https://www.conab.gov.br/info-agro/precos
ACESSO
http://sisdep.conab.gov.br/precosiagroweb/

da!
son aliza
per
ulta
Cons
PORTAL DE INFORMAÇÕES
https://portaldeinformacoes.conab.gov.br/
PUBLICAÇÕES
SIMAB

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES DOS MERCADOS DE ABASTECIMENTO DO BRASIL


Contexto Histórico
 Década de 70: Abastecimento disperso, fragmentado e desorganizado;
Número reduzido de produtos, poucas variedades e baixa qualidade;
 Supermercados não tinham interesse em trabalhar com hortigranjeiros;
 Os hábitos alimentares incluíam bem menos itens de FLVs.

Implantação do modelo das Centrais de Abastecimento Brasileiras (CEASAS)

Necessidade de um Programa que


coordenasse linhas estratégicas a
serem seguidas pelas Ceasas.

Criação do Programa Brasileiro de Modernização do Mercado


Hortigranjeiro, coordenado pela CONAB/MAPA.
Programa Brasileiro de Modernização do
Mercado Hortigranjeiro - PROHORT

 Desenvolver e integrar os banco de dados


estatísticos;
 Universalizar as informações geradas, reduzindo
suas assimetrias junto ao público;
 Agregar conhecimentos gerados para o
desenvolvimento do setor hortigranjeiro, em âmbito
nacional e internacional.

 Instituído em 24/03/2005 - Portaria nº 171 do


MAPA
 Atualizado em 11/04/2014 - Portaria nº 339
do MAPA
Programa Brasileiro de Modernização do Mercado
Hortigranjeiro - PROHORT
Três bases de dados:

Preços Diários: Cotações diárias de 48 produtos de 40 Centrais de


Abastecimento.

Comercialização nas Ceasas: movimentação física e financeira das Ceasas,


mostrando a comercialização dos grupos de hortigranjeiros, cereais e
diversos.

Sistema de Informações dos Mercados de Abastecimento do Brasil – SIMAB:


origem e destino do produto, preços e volume físico e financeiro de comercialização,
confecção de gráficos, mapas e análises.

117 frutas, 133 hortaliças, somando mais de 2.100 produtos (quando se considera
as variedades)
CEASAS

70 Entrepostos:
• Sul 11 (3 capitais);
• Sudeste 36 (4 capitais);
• Centro-Oeste 5 (4 capitais);
• Nordeste 15 (9 capitais);
• Norte 3 (3 capitais).

Comercialização total 2018:


• 17,5 milhões de toneladas
• R$ 37 bilhões

23 capitais / 47 cidades do interior


METODOLOGIA

1 - Coleta

2 - Tratamento

3 - Transformação

4 - Divulgação
Portal “Website”
Página de internet: www.conab.gov.br/info-agro/hortigranjeiros-prohort
Relatórios de Consulta
http://dw.ceasa.gov.br/

Municípios de Origem do Produto Cebola

Ferramentas
de pesquisa
Gráficos
Municípios de Origem do Produto Cebola
Mapas

Perímetros Produtivos do Produto Mamão


Classificação das 20 principais
04/2019
App

Preços Diários

Como baixar:
Pesquise por
“prohort” na Google
Play Store ou na Apple
Store
ANÁLISE DOS DADOS
 Comercialização total de hortigranjeiros em 2018.

17,5 milhões t
R$ 37 bilhões (~U$ 10 bilhões)

Fonte: Conab/Prohort
ANÁLISE DOS DADOS
 Principaisprodutos ofertados às Centrais de Abastecimento,
por estado.

Fonte: Conab/Prohort
ANÁLISE DOS DADOS
 Série Histórica de Preços do Produto Tomate.

Fonte: Conab/Prohort
ANÁLISE DOS DADOS
 Matriz de Origem e Destino do Produto Cenoura
em kg

Fonte: Conab/Prohort
ANÁLISE DOS DADOS
 Fluxo Produção e Comercialização do Produto Cenoura

Fonte: Conab/Prohort
ANÁLISE DOS DADOS
 Regiões Fornecedoras de Cebola por Semestre
1º Semestre

2º Semestre

Fonte: Conab/Prohort
Beneficiários / Clientes

• Órgãos Federais, Estatuais e Municipais;


• Organizações do Setor Hortigranjeiro;
• Organizações Internacionais;
• Banco Central do Brasil;
• Universidades;
• Produtores;
• Atacadistas;
• Consumidores;
• Impressa Especializada.
Ações Resultantes

• Prover o livre acesso à informação (transparência);


• Prover o governo federal com informações sobre o
mercado hortigranjeiro, e indicar ao produtor e aos
comerciantes (atacado e varejo) sobre a movimentação
dos produtos e preços;
• Subsidiar o governo na elaboração e execução das
politicas públicas voltadas para o desenvolvimento do
setor hortigranjeiro nacional.
PUBLICAÇÕES

Revista Indicadores da Comercialização Total das Boletim Hortigranjeiro


Agropecuária Ceasas (mensal)
(mensal) (anual)
Obrigado!
Obrigado!