Vous êtes sur la page 1sur 19

• Preconceitos sobre a morte

• Dissociação metafísico x prático


• Ciência x religião x arte x política
• Dualidade: vida e morte
• Alguém para nos receber
Introdução
• Predomínio da técnica
• Materialismo
• Afastamo-nos de algumas verdades
• Positivismo está ultrapassado
• Será que tudo dilui quando morremos?
• Alguém já lhe disse que está morto?
• Se eu fosse morrer agora?
A Vida imortal
“O Eu nunca nasceu nem jamais morrerá. E
uma vez que existe, nunca deixará de
existir” – Bhagavad-Gita
A Vida imortal
“Os cisnes quando percebem que vão
morrer, cantam como jamais cantaram,
felizes de irem ao encontro do deus a
quem servem...” - Fédon de Platão
A Vida Imortal
• Abordagem filosófica
• Abordagem segundo o esoterismo oriental
• Abordagem científica: NDE
“Em verdade,... , se eu não cresse encontrar na
outra vida deuses bons e sábios e homens
melhores que os daqui, seria inconcebível não
lamentar morrer. Sabei, no entanto, que me
espero juntar-me a homens justos e deuses
muito bons. Eis por que não me aflijo com
minha morte; morrerei tendo a esperança de
que existe alguma coisa depois dessa vida e de
que, de acordo com a antiga tradição, os bons
serão mais bem tratados que os maus”.
-Qual é a coisa que ao entrar num corpo o torna vivo?
-A alma.
-Então a alma traz vida para essa coisa?
-Sempre a vida.
-Existe um contrário da vida, ou não?
-Sim, existe.
-Qual é?
-A morte.
-Não é verdade que a alma nunca aceitará o contrário do
que sempre traz consigo?
-É verdade.
-Como se chama o que não aceita o par?
-Ímpar.
-E o justo e harmônico.
-Injusto e desarmônico.
-E o que não admite a morte, como chamaremos?
-Imortal.
-A alma não admite a morte, não é?
-Sim.
-Então, é imortal...
• O gênio condutor
• Hades
• Aquerúsia
• Tártaro
• Forma subjetiva de desejos que sobrevive
após a morte do corpo
• É a alma animal
• O veículo de desejos e paixões
• Primeira condição pela qual passa a entidade
humana depois da morte
• Precede o Devachán
• Existe dentro de um espaço subjetivo
• Localidade astral
• Segunda morte
• Kâma-Rûpa privada da luz de Manas
desaparece
• Kâma-Rûpa permanece até desvanecer-se de
todo desejo
• Os gregos chamam de Hades; os egípcios de
Amenti; os católicos romanos de limbo ou
purgatório; os espíritas americanos de
Summerland; etc.
• Região dos mais puros Ideais
• Espécie de pequeno ‘Nirvana’ dentro da ilusão da
mente finita
• A morada ou mansão dos deuses
• “Região” protegida, da qual estão excluídas todo
sofrimento e todo o mal
• Continuação idealizada e subjetiva da vida
terrestre
• É o Svarga dos hindus, Sukhâvati dos budistas, o
céu dos zoroastrianos e dos cristãos, etc.
• O tempo médio é de dez a quinze séculos
Near Death Experience