Vous êtes sur la page 1sur 28

UNIDADE 04

JUROS COMPOSTOS

Thalles Rannieri
INTRODUÇÃO

Relembrando o que vimos na unidade 1

Principal X Coeficiente = Montante


PV FV

Até agora já estudamos a linguagem dos juros simples


e do desconto simples. Nesta unidade iremos estudar a
linguagem dos juros compostos:
• Juros Compostos e suas aplicações;
• Taxas equivalentes.
INTRODUÇÃO

Relembrando...
Juros Simples: Dado um principal (PV), ele deverá
render juros (J) a uma taxa constante (i) por um
determinado número de períodos (n), gerando um
montante (FV). O juro produzido em determinado
momento não rende mais juros.

Os juros calculados de cada intervalo de tempo sempre


são calculados sobre o capital inicial emprestado ou
aplicado.
JUROS COMPOSTOS - CONCEITO

Capitalização composta é aquela em que a taxa de


juros incide sempre sobre o capital inicial acrescido
dos juros acumulados até o período anterior, ou seja,
os juros de cada intervalo de tempo é incorporado ao
capital inicial e passa a render juros também.

Assim sendo, no transcorrer de cada período, o que


era “à priori” Montante relativo a um determinado
período, passa a ser o Principal no período seguinte.

É o que popularmente chamamos de Juros Sobre Juros


JUROS COMPOSTOS - FÓRMULAS

Lembrando a fórmula de juros simples: FV = PV (1 + i * n)

Vamos calcular o montante acumulado a cada período


(n = 1) no regime de juros compostos

S1 = P (1 + i * n) = P (1 + i * 1) S1 = P (1 + i)
S2 = S1 (1 + i * n) = P (1 + i) * (1 + i * 1) S2 = P (1 + i)2
S3 = S2 (1 + i * n) = P (1 + i)2 * (1 + i * 1) S3 = P (1 + i)3
S4 = S3 (1 + i * n) = P (1 + i)3 * (1 + i * 1) S4 = P (1 + i)4

Sn = P (1 + i)n
JUROS COMPOSTOS - FÓRMULAS

FÓRMULA DE FV = PV * (1+ i)n


JUROS COMPOSTOS

ATENÇÃO !!!
1 - O período de capitalização deve ser compatibilizado com a taxa.
2 - A taxa é quem define o período da capitalização.

Exemplo: 5% ao mês em três meses (=15,76%)


é diferente de 15% ao trimestre.
JUROS SIMPLES X JUROS COMPOSTOS

Determinar o montante produzido por uma aplicação


de R$ 25.000,00 que rende juros compostos de 4%
ao mês durante 4 meses.

FV = PV * (1 + i )n
FV = 25.000 * (1 + 0,04)4
FV = 25.000 * 1,1699
FV = 29 246,46
 Resposta: No regime de juros compostos, o
montante acumulado ao final de 4 meses será de
R$ 29.246,46
JUROS SIMPLES X JUROS COMPOSTOS

Determinar o montante produzido por uma aplicação


de R$ 25.000,00 que rende juros simples de 4% ao
mês durante 4 meses.
FV = PV (1 + i * n)
FV = 25.000 (1 + 0,04 * 4)
FV = 25.000 * 1,16
FV = 29 000
 Resposta: No regime de juros simples, o
montante acumulado ao final de 4 meses será de
R$ 29.000,00
JUROS SIMPLES X JUROS COMPOSTOS

Principal R$ 25.000,00
Taxa de juros 2%
Mês Saldo c/ juros simples Saldo c/ juros compostos Diferença
0 R$ 25.000,00 R$ 25.000,00 R$ -
1 R$ 25.500,00 R$ 25.500,00 R$ -
2 R$ 26.000,00 R$ 26.010,00 R$ 10,00
3 R$ 26.500,00 R$ 26.530,20 R$ 30,20
4 R$ 27.000,00 R$ 27.060,80 R$ 60,80
5 R$ 27.500,00 R$ 27.602,02 R$ 102,02
6 R$ 28.000,00 R$ 28.154,06 R$ 154,06
7 R$ 28.500,00 R$ 28.717,14 R$ 217,14
8 R$ 29.000,00 R$ 29.291,48 R$ 291,48
9 R$ 29.500,00 R$ 29.877,31 R$ 377,31
10 R$ 30.000,00 R$ 30.474,86 R$ 474,86
JUROS SIMPLES X JUROS COMPOSTOS

Principal R$ 25.000,00
Taxa de juros 5%
Mês Saldo c/ juros simples Saldo c/ juros compostos Diferença
0 R$ 25.000,00 R$ 25.000,00 R$ -
1 R$ 26.250,00 R$ 26.250,00 R$ -
2 R$ 27.500,00 R$ 27.562,50 R$ 62,50
3 R$ 28.750,00 R$ 28.940,63 R$ 190,63
4 R$ 30.000,00 R$ 30.387,66 R$ 387,66
5 R$ 31.250,00 R$ 31.907,04 R$ 657,04
6 R$ 32.500,00 R$ 33.502,39 R$ 1.002,39
7 R$ 33.750,00 R$ 35.177,51 R$ 1.427,51
8 R$ 35.000,00 R$ 36.936,39 R$ 1.936,39
9 R$ 36.250,00 R$ 38.783,21 R$ 2.533,21
10 R$ 37.500,00 R$ 40.722,37 R$ 3.222,37
JUROS SIMPLES X JUROS COMPOSTOS

Principal R$ 25.000,00
Taxa de juros 0,1%
Mês Saldo c/ juros simples Saldo c/ juros compostos Diferença
0 R$ 25.000,00 R$ 25.000,00 R$ -
1 R$ 25.025,00 R$ 25.025,00 R$ -
2 R$ 25.050,00 R$ 25.050,03 R$ 0,02
3 R$ 25.075,00 R$ 25.075,08 R$ 0,08
4 R$ 25.100,00 R$ 25.100,15 R$ 0,15
5 R$ 25.125,00 R$ 25.125,25 R$ 0,25
6 R$ 25.150,00 R$ 25.150,38 R$ 0,38
7 R$ 25.175,00 R$ 25.175,53 R$ 0,53
8 R$ 25.200,00 R$ 25.200,70 R$ 0,70
9 R$ 25.225,00 R$ 25.225,90 R$ 0,90
10 R$ 25.250,00 R$ 25.251,13 R$ 1,13
JUROS SIMPLES X JUROS COMPOSTOS
Juros Simples X Juros Compostos

Juros Simples Juros Compostos

R$ 300.000,00
R$ 275.000,00
R$ 250.000,00
R$ 225.000,00
R$ 200.000,00
R$ 175.000,00
R$

R$ 150.000,00
R$ 125.000,00
R$ 100.000,00
R$ 75.000,00
R$ 50.000,00
R$ 25.000,00
R$ -
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
meses
JUROS SIMPLES X JUROS COMPOSTOS

CONCLUSÕES:

 Taxas de juros baixas e/ou períodos de capitalização


curtos não provocam grandes distorções entre juros
simples e compostos.

 Trabalhando com taxas altas e/ou longos períodos


mostram grandes diferenças entre os montantes
produzidos por juros simples e compostos.
PARA PENSAR

Os bancos utilizam taxas de juros simples ou


juros compostos nas operações de cheque
especial? Por quê?
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO DA FÓRMULA

1o Grupo – Dados PV, n, i, achar FV

Um capital de R$ 100.000,00 estará aplicado à taxa


de juros compostos de 5% ao mês durante 1,5 anos.
Determinar o valor do montante dessa aplicação.
1,5 anos = 18 meses (taxa e prazo compatibilizados)

FV = PV * (1 + i)n
FV = 100.000 * (1 + 0,05)18
FV = 100.000 * 2,4066192
FV= 240.661,92
 Resposta: O montante é de R$ 240.661,92
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO DA FÓRMULA

2o Grupo – Dados FV, n, i, achar PV

A partir do montante de R$ 150.000,00, determinar o


principal relativo ao empréstimo com prazo de 1 ano e
taxa de juros compostos de 5% ao mês.

FV = PV * (1 + i )n
150.000 = PV * (1 + 0,05)12
150.000 = PV * 1,7958563
PV = 150.000 / 1,7958563 = 83.525,61
 Resposta: O valor do empréstimo foi de R$ 83.525,61
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO DA FÓRMULA

3o Grupo – Dados FV, n, PV, achar i

Conhecendo o montante R$ 172.000,00, o principal de


R$ 100.000,00 e o prazo de 1 ano, determinar a taxa
de juros mensal composta relativa ao empréstimo.
1 ano = 12 meses
FV = PV * (1 + i )n
172.000 = 100.000 * (1 + i)12
172.000/100.000 = (1 + i)12
1,72 = (1 + i)12
E agora? Como resolver?
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO DA FÓRMULA
a b
Vamos lembrar da seguinte propriedade: (x ) = xa.b

Então aplicando a propriedade na equação ...

1,72 = (1 + i)12
1/12
1,721/12 = [(1 + i)12]
1,721/12 = (1 + i)12 * 1/12
1,721/12 = (1 + i)1
1,0462 = 1 + i
i = 1,0462 - 1 => i = 0,0462
 Resposta: A taxa de juros do empréstimo é de 4,62% a.m.
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO DA FÓRMULA

4o Grupo – Dados FV, PV, i, achar n

Conhecendo o montante de R$ 368.000,00, o principal


de R$ 200.000,00 e a taxa de juros compostos de 7%
ao mês, determinar o prazo do empréstimo.
FV = PV * (1 + i )n
368.000 = 200.000 * (1 + 0,07)n
368.000 / 200.000 = (1 + 0,07)n
1,84 = (1,07)n
E agora? Como resolver?
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO DA FÓRMULA

Vamos lembrar da seguinte propriedade: Log(x)a = a * Log x

Então aplicando a propriedade na equação ...

1,84 = (1,07)n
Log (1,84) = Log(1,07)n
Log (1,84) = n * Log (1,07)
n = Log (1,84) / Log (1,07)
n = 0,2648 / 0,0294
n = 9,01
 Resposta: O prazo do empréstimo é de 9,01 meses.
EXERCÍCIOS PRÁTICOS DO MERCADO
FINANCEIRO
Uma corretora de valores comprou um título de valor de
resgate de R$ 148.000,00, prazo de 8 meses e taxa
mensal composta de 5,5%. Passados dois meses,
vendeu o título para um investidor na taxa composta de
3,8% a.m.. Determinar a taxa alavancada obtida pela
corretora.
Corretora Investidor

8 meses – 5,5%

2 meses 6 meses
i 3,8%
Valor de Valor de 148.000
compra venda
EXERCÍCIOS PRÁTICOS DO MERCADO
FINANCEIRO
8 meses – 5,5%

2 meses 6 meses
i 3,8%

96.436,63
Valor de Valor de
118.325,29 148.000
compra venda

Valor de compra Valor de Venda


FV = PV * (1 + i )n FV = PV * (1 + i )n
148.000 = PV *(1 + 0,055)8 148.000 = PV *(1 + 0,038)6
148.000 = PV * 1,0558 148.000 = PV * 1,0386
PV = 148.000 / 1,5347 PV = 148.000 / 1,2508
PV = 96.436,63 PV = 118.325,29
EXERCÍCIOS PRÁTICOS DO MERCADO
FINANCEIRO
8 meses – 5,5%

2 meses 6 meses
i %
10,77 3,8 %

96.436,63 118.325,29 148.000

Taxa da corretora
FV = PV * (1 + i )n
118.325,29 = 96.436,63 * (1 + i)2
118.325,29 / 96.436,63 = (1 + i)2
1,2270 = (1 + i)2
1,22701/2 = (1 + i)
i = 1,1077 - 1 = > i = 0,1077 = 10,77% a.m.
COMO SE GANHA DINHEIRO NO MERCADO
FINANCEIRO
Uma corretora de valores comprou e vendeu, no mesmo
dia, um título de valor de resgate de R$ 148.000 e prazo
de 8 meses. Comprou por uma taxa de juros composta de
6,2% ao mês e vendeu por uma taxa composta de 3,5%
ao mês. Determinar o lucro obtido nessa negociação.

Preço pago na compra Preço pago na Venda


FV = PV * ( 1 + i )n FV = PV * ( 1 + i )n
148.000 = PV * (1 + 0,062)8 148.000 = PV * (1 + 0,035)8
PV = 148.000/ 1,6181 = 91.467,24 PV = 148.000/ 1,3168 = 112.392,91

Lucro = Preço de Venda – Preço de compra


Lucro = 112.392,91 – 91.467,24 => Lucro = R$ 20.925,67
TÍTULOS - VÁRIAS REVENDAS ANTES DO RESGATE
Aplicação inicial: R$ 100.000,00
Prazo total: 12 meses
Taxa composta: 4% ao mês
1º Comprador: 3,3% ao mês em 2 meses
2º Comprador: 3,4% ao mês em 3 meses
3º Comprador: i % ao mês em 5 meses (calcular a taxa)
4º Comprador: 3,2% ao mês em 2 meses

12 meses – 4%

2 meses 3 meses 5 meses 2 meses


3,30% 3,40% i% 3,20%

100.000 Valor de
resgate
Valores de revenda
TÍTULOS - VÁRIAS REVENDAS ANTES DO RESGATE

12 meses – 4%

2 meses 3 meses 5 meses 2 meses


3,30% 3,40% i% 3,20%

100.000 Valor de
160.103,22
resgate

Valor de resgate
FV = PV * (1 + i )n
FV = 100.000 * (1 + 0,04)12
FV = 100.000 * 1,0412
FV = 100.000 * 1,601032
FV = 160.103,22
TÍTULOS - VÁRIAS REVENDAS ANTES DO RESGATE

12 meses – 4%

2 meses 3 meses 5 meses 2 meses


3,30% 3,40% i% 3,20%

100.000 106.708,90 117.967,47 160.103,22

1o Comprador 2o Comprador
FV = PV * (1 + i ) n FV = PV * (1 + i )n
FV = 100.000 * (1 + 0,033)2 FV = 106.708,90 * (1 + 0,034)3
FV = 100.000 * 1,0332 FV = 106.708,90 * 1,0343
FV = 100.000 * 1,067089 FV = 106.708,90 * 1,105507
FV = 106.708,90 FV = 117.967,47
TÍTULOS - VÁRIAS REVENDAS ANTES DO RESGATE

12 meses – 4 %

2 meses 3 meses 5 meses 2 meses


3,30 % 3,40 % i =i 4,97%
% 3,20 %

100.000 106.708,90 117.967,47 150.328,27 160.103,22

4o Comprador 3o Comprador - taxa


FV = PV * (1 + i )n
FV = PV * (1 + i )n
150.328,27 = 117.967,47 * (1+ i )5
160.103,22 = PV * (1+ 0,032)2
1,2743 = (1 + i)5
160.103,22 = PV * 1,0322 1,27431/5 = (1 + i)
PV = 160.103,22 / 1,0650 i = 1,0497 - 1
PV = 150.328,27 i = 0,0497 = 4,97%