Vous êtes sur la page 1sur 121

TRANSITION TOWNS

Cidades em Transição
A sobrevivência da humanidade exige reduções rápidas no
crescimento econômico, nos deslocamentos e viagens,
e até reducão da população humana. O COVID-19 está induzindo os
três itens. Esta tempestade passará, mas as escolhas
que faremos agora mudarão nossas vidas pelos
próximos anos.

This Photo by Unknown Author is


licensed under CC BY-SA
“O duro é ser chamado a ser e ter medo de ser.
Porque é isso que momentos como este fazem:
nos chamam a ser.
Em tempos mais normais, podemos fingir que não
escutamos o chamado a ser.
Cobrimos essa voz com automatismos, a vida se
resume a consumir a vida consumindo o planeta.
Consumidores não são, já que consomem o ser.
E agora, quando já não se pode consumir, porque logo
pode não haver o que consumir nem quem possa
produzir o que consumir, como é que se aprende
a separar os verbos?
Como se faz um consumidor se tornar um ser?”

Eliane Brum
https://brasil.elpais.com/opiniao/2020-03-25/o-virus-somos-nos-ou-uma-parte-de-nos.html
Mundo da complexidade
Crise Sistêmica
Anomalias climáticas
Ultrapassamos a marca de
410 partes por milhão
É a maior concentração de CO2 já medida e que
pode ter um efeito catastrófico para a saúde
humana e planetária
Itália 2015
Portugal 2017
Grécia 2018
No capítulo da água, a poluição, o desperdício, a má
gestão dos recursos hídricos e a apropriação da água por
grupos privados ameaçam a Humanidade e expõem os
países a conflitos ainda neste século a cenários de
escassez.
“Nos últimos 10 anos fizemos mais
plásticos do
no último século, sendo que a metade
desses
materiais plásticos são considerados
descartáveis.
Mas como algo descartável pode ser feito
de algo indestrutível?”
Tanya Streeter
O MUNDO DO CONSUMO E CRESCIMENTO
SEM FIM
COMO CRESCER INFINITAMENTE EM UM MUNDO
DE RECURSOS FINITOS?
O uso excessivo dos recursos do planeta pelos
humanos está levando a Terra a uma situação de
risco nunca vivenciada antes.
Extinção de
espécies
E mais um recurso entrando na lista de
extinção!
Só a Indonésia, já perdeu 25 ilhas com a
extração
ilegal de areia!
Em 8 meses, a humanidade extrapola o
limite de recursos gerados pelo planeta
para o ano

https://youtu.be/oPO2-KCyFvc | Earth
Vivemos em meio a uma profunda desigualdade
social em cidade com uma escala pouco humana e
onde o as pessoas se sentem cada mais mais
oprimidas e com pouca capacidade de resposta.
“DESEnvolvimento” ? O que é?
90% da população brasileira habitará as cidades em
alguns anos, atualmente temos 87% já habitando as cidades
Sustentabilidade é uma etapa importante
mas se a humanidade quiser continuar a
existir ela terá de rodar todo seu sistema
dentro no conceito da regeneração!
E ai........? Como fazer a transição para um sistema
mais saudável e com maior capacidade de
responder de forma inteligente e criativa a rupturas
e mudanças?
Somos a Primeira geração a ser chamada na
responsabilidade pelas Mudanças Climáticas, a ter de
quebrar uma cultura de consumo passivo, gerando
um futuro a partir de fontes de energia renováveis.
Com o que te faz se sentir vivo e mobilizado
pelo seu propósito. Quando a ação é
inevitável.
Comunidades ao redor do mundo criando
uma nova maneira de viver
Vamos fechar nossos ciclos com sabedoria
Um ex-engenheiro que virou monge budista
e passou a treinar ratos para detectar minas
terrestres e tuberculose na África.
Essa é a história do empreendedor social Bart
Weetjens, que criou a ONG
APOPO's HeroRATs.
Essa organização se propõe a descobrir e
detonar minas escondidas, que causam de 10
mil a 20 mil acidentes por ano.
Calcula-se que existam 55 milhões delas no
solo de 84 países e que sejam necessários
500 anos para desarmá-las.
Esses roedores também fazem diagnóstico de
tuberculose, doença que ainda mata 1,6
milhões de pessoas todos os anos ao redor do
mundo.

www.apopo.org
Transition Towns | Como Tudo Começou!
The Practical Sustainability course at Kinsale FEC

Palestra do
Dr Colin
Campbell +
Totnes | Primeira cidade em Transição
em 12 anos + de 50 países
Mais de 25 Hub’s
Internacionais de
transição pelo mundo
Um movimento
de
comunidades
que
se unem,
para Sonhar
e recriar
nosso mundo
A Floresta da Transição
Nossos Ingredientes

Respeitando os limites de recursos e criando resiliencia


Promovendo inclusão e justiça social
Adotamos a subsidiariedade
Prestando atenção ao equilíbrio
Sendo parte de uma rede experimental de aprendizado
Compartilhando livremente ideias e poder
Colaborando e buscando sinergias
Criando uma visão positiva
Sendo criativos, lúdicos e abertos
Mantemos o
equilíbrio entre:
A cabeça: agimos com base nas melhores
informações e evidências disponíveis e
aplicamos nossa inteligência coletiva para
encontrar melhores maneiras de viver.
O coração: trabalhamos com compaixão,
valorizando e prestando atenção aos aspectos
emocionais, psicológicos, relacionais e sociais
do trabalho que fazemos.
As mãos: transformamos nossa visão e ideias
em uma realidade tangível, iniciando projetos
práticos e começando a construir uma
economia nova e saudável no lugar em que
vivemos.
Transição Duartina

Livro Vivo na
Praça

Fruto Urbano
TERRA | TRANSIÇÃ0
EM REDE | RJ
Escola Viva
Mutirão da Horta
comunitária
Dança circula
Oficinas de Perma..
Meditação
Brechó
Trocas e doações
Brasília em Transição'2020
Um plano para fazer a transição e superar a crise econômica | política | social | existencial l espiritual,
advinda do colapso do sistema, agravado com a crise do coronavírus. ❤🌳🌎
Esse fim de semana de 13 a 15 de março |  um time de sonhadores | planejadores | realizadores e
celebradores | se encontrarm no Ninho do Dragão | A Escola de Metodologias
Colaborativas | no Lago Norte | Brasília | DF, para sonhar e planejar as ações do Movimento Brasília em
Transição'2020, com a Metodologia Dragon Dreaming | Design Colaborativo de
Projetos.
Brasília em Transição é a versão local do Transition Towns [ Cidades em Transição],  um movimento que
nasceu em 2006 | 2007, na cidade de Totnes | Inglaterra, pelo permacultor inglês
Rob Hopkins | e se espalhou pelo mundo. 
O  co-criador da Metodologia Dragon Dreaming | o australiano John Croft relata a experiência de um plano
de transição  na Ficha Técnica 18. E nessa ficha, ele sugere um plano para
essa [ Era das Trevas ]. Escrito em 2009 | o plano é muito atual para o momento que estamos vivendo | a
saber:
1 - Construa suas comunidades locais  | tornando-as mais fortes e inclusivas | diversas;  mais auto e
ambientalmente conscientes | e solidárias  economicamente, socialmente justas
| comunidades ganha-ganha-ganha | onde você | o outro e a natureza ganham. Ou todos ganham ou
nada feito. É chegada a hora de superar a sociedade do consumo di ganha-perde
| perde-ganha | esse modo de vida que nos trouxe até aqui, a uma sociedade do perde-perde | onde se
continuarmos com esse modelo ninguém vai ganhar todos vamos perder. 
2 - Cultive a simplicidade voluntária, o minimalismo |  a permacultura | o bem vive esvazia do que vocé
não precisa | evitando a dependência de sistemas complexos
[ como esse que está em colapso ] - esses sistemas serão os primeiros a colapsar | e as pessoas que
dependem deles [ dos governos | e das corporações ] serão as mais afetadas. 
Avalie quais são as vulnerabilidades atuais e como elas podem ser reduzidas | produza sua própria
comida | sua energia | tenha uma moeda social se conecte com as idéias e práticas
do design regenerativos. 
3 - Cultive a criatividade em larga escala - Estimule a criatividade social - a inovação social - econômica - social -
tecnológica - política - ambiental - artístico | cultural | emocional 
em todas as formas, para todos os grupos e indivíduos | crie oportunidades criativas e de autodesenvolvimento.  
4 - Veja como preservar o conhecimento | O conhecimento local e conhecimento social | técnico | científico | anscestral e
histórico | Aqueles que não conhecem a história de
suas comunidades estão condenados a repeti-lá, de novo e de novo.
5 - Cultive a sabedoria não violenta | Em uma [ Era das Trevas ] tal como estamos vivendo agora | a ignorância violenta e
diferentes fundamentalismos e conflitos proliferam.
Você não pode combater esses males com qualquer outra coisa senão com a sabedoria não violenta, incentive sua
dimensão a todos | pratique o amor incondicional. 
6- Promover a conscientização espiritual- Nossos problemas atuais foram criados por cegueira espiritual em relação ao
nosso mundo | nossa ecologia e ao outro |
Crie oportunidades de partilhas ecumênicas | junte as pessoas em torno de uma fogueira |   para que elas  compartilhem
seus  sonhos e se reconectarem com a espiritualidade
da Mãe Terra | de Pachamama | de Gaia. Toda vez que a humanidade se reúne em torno de uma fogueira | as esperanças
se renovam | ela se reconectam com a sua luz, com o sentido da vida.  
7 - Construa um sistema político econômico | financeiro | monetário que suporte os outros seis acima. Atualmente o nosso
sistema politico | econômico | financeiro estimula
o oposto disso | pois ele destrói comunidades | aumenta a complexidade | reduz a criatividade | aumenta a violência |
estimula a competição | estimula a escassez
| promove relações ganha-perde | onde para um ganhar o outro precisa perder | suprime a sabedoria anscestral | e evolutiva
e ignora a consciência espiritual. E o que vamos fazer construir
um outro sistema | pela ação | sendo nós nesmo a mudança que  queremos no mundo. 

O Movimento Brasília em Transição inspirado nessa estratégia se colocará em movimento no decorrer desse ano para
realizar ações para que a sociedade possa fazer a resistência
|  ter resiliência | fazer regeneração e se reconectar com o sentido da vida. 
....
Organize iniciativas de  transição na sua quadra | no bairro | condomínio | cidades,  unidos- juntos em colaboração  vamos
superar a [ Era das Trevas ] e fazer a Grande Virada. Seja um
agente da transição.
EcoBairro São
Paulo
Parque Municipal da Brasilândia
Plantio de mudas no Parque
Municipal da Brasilândia
Segurança Alimentar
Curso de culinária saudável
www.granjaviana.com.br/mercadodetrocas/

www.granjaviana.com.br/mercadodetrocas/
Moeda de Troca
local

ww.granjaviana.com.br/mercadodetrocas/
GOL – Gostamos de Orgânicos locais

A proposta de criarmos este


grupo visa:  Termos uma rotina
de compra de orgânicos locais
fresquinhos, a preços acessíveis
e advindos da região. Sem
agrotóxicos! Além destes
benefícios para o nosso lado,
como conseqüência, o GOL vem
a: Assegurar um bom pedido
semanal de orgânicos para o
produtor local (no caso, a Família
Dias)Incentivar e prestigiar o
produtor local, Incentivar toda
uma cadeia produtiva local pois
eles pertencem à APROUNI
(Associação dos Produtores
Unidos) e seus orgânicos são
https://ecofeiradagranjaviana.blogspot.com.br
Café com Reparo na Associação
São Joaquim
www.youtube.com/watch?v=ymeT4nqpGJM

www.youtube.com/watch?v=hyGLh3c-5v4
Cidades ao
redor do
planeta
estão
acordando
Ungersheim | Uma Vila na França em para a força
Transição da
possibilidad
e de um
jeito melhor
de Ser e de
estar no
Planeta
Ungersheim | Uma Vila na França em Transição
ntroduziram a democracia participativa
e tornaram uma cidade de economia justa
zeram um fórum sobre energia renovável e fizeram
a campanha para fechar a usina de energia nuclear
riaram uma moeda local chamada “Le Radis”
Mapearam a biodiversidade e criaram um atlas
evolveram para a natureza uma antiga área devastada
mineração
nstalaram uma caldeira de biomassa de madeira que
bém aquece a piscina e vários edifícios adjacentes
truíram uma instalação solar e industrial de 5,3MW
udaram toda a iluminação pública da aldeia para lâmpadas de baixa energia,
ndo a uma redução de 40% no uso de energia
valiou todos os edifícios públicos pelo seu consumo de energia
apearam Terrenos disponíveis da prefeitura para um projeto de co-habitação
aniram todos os pesticidas e herbicidas em áreas públicas
ubstituíram todos os produtos de limpeza em edifícios públicos com produtos de
eza ecológica
troduziu o alimento orgânicos nas escolas
ansformou 8 hectares de terras pertencentes à prefeitura em um mercado orgânico,
ardins de Cocagne, que produzem 64 variedades de vegetais, fornecem 250 cestas de
ida para famílias locais a cada semana e que corre bancas em 5 mercados todas as seman
iciou um negócio de preservação de alimentos, conservas de alimentos produzidos
lmente, de modo a ampliar sua disponibilidade
E
SE….?
Respire e
sorria!
Não é para
gerar
ansiedade
RECUSE
BASTA
DIZER: NÃO
MUITO
OBRIGADA
Sejamos
inconvenientes!
Isabela Maria Gomez de Menezes
transitionbrasil@globo.com
transitionbrasil.ning.com
transitionnetwork.org