Vous êtes sur la page 1sur 21

LIDERANÇA

PROFESSOR: GERALDO
Tipos de Liderança:
 Líder Natural: É
aquele que tem um
dom inato, que já
nasce com ele, tem
carisma, mas
necessariamente
não é o mais
preparado.
Tipos de Liderança:
 Líder formado: É
aquele que chega
ao cargo de líder
através dos
conhecimentos
adquiridos, seja de
forma técnica,
estudo, ou com a
experiência.
Tipos de Liderança:
 Negativo:
Geralmente é um
líder informal, atua
nos bastidores para
minar as lideranças
estabelecidas, é
sempre um opositor.
Tipos de Liderança:
 Positivo: Sabe
agregar o grupo,
sempre trabalha em
prol do mesmo e
obtém excelentes
resultados,
extraindo sempre o
máximo de cada
um.
Estilos de Liderança:
 Autocrático;
 Paternalista;
 Permissivo;
 Democrático;
 Situacional.
Autocrático:
Decide Sozinho;
O grupo não
participa;
É conhecedor de
tudo;
Premia e castiga;
Não confia;
Fomenta a
insegurança e
revolta.
Paternalista:
Embora autoritário,
pensa mais no
grupo;
Evita discórdia;
Da conselhos, tem
respeito do grupo;
Fomenta a
imaturidade.
Permissivo:
 Não tem
controle;
 Tem ares
alienado;
 Promove
insegurança e
ansiedade.
Democrático:
 Todos trabalham
juntos;
 Distribui a liderança;
 Trabalha em
consenso;
 Pessoas imaturas
tem dificuldades de
participação.
Situacional:
 É a habilidade em
“ser”
adequadamente
(dentro do possível)
os quatro estilos
anteriores.

SILVA, Fernando Brasil da – A


Psicologia aplicada ao Turismo e a
Hotelaria – São Paulo – 2ª edição,
CenaUn, 2000.
Outras visões de Liderança:
 Liderança: É a
habilidade de
influenciar pessoas
para trabalharem
entusiasticamente
visando atingir aos
objetivos
identificados como
sendo bom para o
bem comum.
 Poder: É a
faculdade de forçar
ou coagir alguém a
fazer sua vontade,
por causa de sua
posição ou força,
mesmo que a
pessoa preferisse
não o fazer.
 Autoridade:
Habilidade de levar
as pessoas a
fazerem de boa
vontade o que
você quer, por
causa de sua
influência pessoal.
Inteligência Emocional:
 Para Goleman, a
Inteligência Emocional
representa uma condição
essencial para a liderança,
principalmente nos níveis
mais altos de uma
empresa. Sem ela, a
pessoa pode ter
treinamento insuperável,
mente aguda e perspicaz
e uma infinidade de boas
idéias, mas não se tornará
um grande líder.
GOLEMAN, Daniel. O que faz um
líder? – Rio de Janeiro, Editora
Campus, 2001.
 Inteligência Emocional
não significa
simplesmente ter
autocontrole sobre as
emoções ou se dar bem
com as pessoas, mas
entender bem sua
própria constituição
emocional e a das outras
pessoas para direcioná-
las no rumo certo para a
realização dos objetivos
da empresa.
Capacidades Fundamentais:
 Autoconsciência
Autoconsciência
emocional;
Auto-avaliação;
Autoconfiança.
 Auto-
gerenciamento:
Auto-controle;
Confiança;
Estado-consciente;
Adaptabilidade;
Orientação de
proezas;
Iniciativa.
 Consciência
Social:
 Empatia;
 Consciência
Organizacional;
 Orientação de Serviço.
 Habilidade Social:
Liderança Visionária;
Influência;
Desenvolver Pessoas;
Comunicação;
Mudança
Catalizadora;
Gestão de Conflitos;
Construção de Laços
Trabalho de Equipe e
Colaboração
Referencial Bibliográfico:
 CHIAVENATO, Idalberto. Gerenciando
Pessoas: Como transformar os
gerentes em gestores de pessoas. 4ª
ed. – São Paulo – Prentice Hall, 2002.