Vous êtes sur la page 1sur 1
Universidade de Brasília – UnB Instituto de Artes – IDA Departamento de Música Disciplina: Psicologia e

Universidade de Brasília UnB Instituto de ArtesIDA Departamento de Música Disciplina: Psicologia e Construção do Conhecimento PsiCCo Turma: UAB 3 Polo Anápolis Data 09 de julho de 2011

Universidade de Brasília – UnB Instituto de Artes – IDA Departamento de Música Disciplina: Psicologia e

Aluno(a): Flávia Rosa Carneiro de Freitas Lorna Duarte Carneiro Autor(a): xxxxxxxxxx Tutor(a): Diva Albuquerque Maciel

MÚSICA NA ESCOLA: A APRENDIZAGEM MUSICAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL
MÚSICA NA ESCOLA:
A APRENDIZAGEM MUSICAL NA
EDUCAÇÃO INFANTIL

PALAVRAS-CHAVE: Aprendizagem Musical. Influência. Desenvolvimento. Educação Infantil.

APRESENTAÇÃO: Este artigo pretende diagnosticar a influência da aprendizagem musical na práxis pedagógica levando em conta a importância do aprendizado das artes no desenvolvimento e formação das crianças como indivíduos produtores e reprodutores de cultura para poder procurar e reconhecer todos os meios que têm em mãos para criar, à sua maneira, situações de aprendizagem que deêm condições às crianças de construir conhecimento sobre música.

RESULTADOS E DISCUSSÃO

De acordo com o questionário realizado concluímos que a Aprendizagem Musical exerce influencia positiva no desenvolvimento da criança nas atividades regulares e no contexto social.

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Segundo Kodama, “As emoções provocadas por essa arte são reais e pode ser extremamente puras e profundas.”

Murray Schafer (1991), de um ouvido pensante, uma audição consciente e significativa dos sons e Músicas do mundo. O Fazer musical refere-se à produção propriamente dita, devendo oportunizar situações de criação, improvisação, execução interpretação musicais para serem vivenciadas pelos alunos, buscando-se desenvolver o senso musical, a sensibilidade, a expressão, o ritmo, a escuta consciente, inserindo o aluno no mundo musical e sonoro.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Concluímos neste trabalho que a musicalização, além de transformar as crianças em indivíduos que usam os sons musicais, faz e cria , apreciam , e finalmente assim como se utiliza da palavra ou gestos para manifestar suas idéias, terá como meio de expressão mais uma forte ferramenta na construção de seus argumentos - a música. As crianças tendem a pensar na música sendo como contando histórias, expressando idéias, vivendo situações.

Wallon fundamentou suas ideias em quatro elementos básicos que se comunicam o tempo todo: a afetividade, o movimento, a inteligência e a formação do eu como pessoa. Elementos esse citados por Wallon que são simultaneamente trabalhados com a música.

OBJETIVOS

  • - averiguar o desenvolvimento global do aluno que interage com o aprendizado musical;

    • - verificar no desenvolvimento de seus alunos.

  • - contribuir para que a música seja um recurso pedagógico que reflete o exterior do aluno

    • - facilitar seu aprendizado

    • - resgatar a harmonia de sala de aula.

REFERÊNCIAS

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL. Parâmetros curriculares nacionais: Artes. Brasília, 1997.

CHAN, Thelma.

GAINZA, V. Hemsy de. Estudos de Psicopedagogia Musical.

PIAGET, Jean. SCHAFER, M.

WALLON, H

METODOLOGIA

Foi realizada uma pesquisa em salas de aula da Educação Infantil do Maternal ao Nível II, em aula prática de musicalização Infantil, observações do desenvolvimento das crianças nas várias outras atividades desenvolvidas na escola e observações da professora de conteúdos regulares de ensino. Também foi aplicado um questionário fechado para que as professoras regulares das turmas acima citadas possam diagnosticar os fatores de desenvolvimento das crianças que participaram das aulas de música para posterior análise e diagnóstico da pesquisa.